Honda confirma que motores de Verstappen e Pérez na Hungria sofreram danos irreparáveis

Max Verstappen e Sergio Pérez perderam os motores utilizados no GP da Hungria. O uso de uma quarta unidade de potência, que levaria a punições, passa a ser altamente provável

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
Documentário conta com o apoio da família de Michael Schumacher (Vídeo: Netflix)

A Red Bull recebeu a pior notícia de todas às vésperas do GP da Bélgica. De acordo com a Honda, parceira da equipe de Milton Keynes, os motores utilizados por Max Verstappen e Sergio Pérez no GP da Hungria sofreram danos considerados irreparáveis.

Sem a opção de reutilizar componentes, a Red Bull fica muito próxima da necessidade de usar um quarto motor em cada carro. Isso significa exceder o limite de três por anos, o que levaria à perda de posições no grid em algum momento da segunda metade do campeonato.

A Honda ainda não confirma a necessidade de punições, mas apontou nesta direção. “Perdemos uma unidade de potência em cada carro e temos 23 corridas. Precisamos planejar nossa estratégia de acordo com isso”, disse a montadora em Spa.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

SERGIO PÉREZ; GP DA HUNGRIA; F1;
Sergio Pérez foi vítima do caos na largada, assim como Max Verstappen (Foto: Red Bull Content Pool)

Os danos aos motores de Verstappen e Pérez ocorreram ainda na largada do GP da Hungria. Os dois pilotos foram vítimas de um acidente causado por Valtteri Bottas em uma pista úmida. O mexicano abandonou no ato, enquanto o holandês conseguiu carregar um carro altamente avariado para terminar em nono. Charles Leclerc, vítima de erro de Lance Stroll, também sofre consequências.

A provável perda de posições ainda não tem data para acontecer. Para o GP da Bélgica, por exemplo, a Red Bull ainda deve se virar com peças reutilizáveis do motor. A expectativa é de que a punição seja cumprida em uma pista de fácil ultrapassagem – afinal, uma corrida de recuperação ficaria facilitada.

A Red Bull abre a segunda metade da temporada já atrás da Mercedes, grande rival na briga pelo título. Lewis Hamilton lidera o Mundial de Pilotos com 8 pontos de vantagem sobre Verstappen. O GP da Bélgica desta semana encerra as férias de agosto, uma tradição da Fórmula 1.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar