Honda identifica danos no motor do carro de Alonso após acidente com Räikkönen e não descarta nova troca

A McLaren e Fernando Alonso podem novamente encarar um GP conturbado neste fim de semana, na Inglaterra. Isso porque a Honda identificou danos no motor do carro do espanhol. As falhas, provocadas pelo acidente Kimi Räikkönen na Áustria, podem exigir uma nova troca, mas por uma unidade antiga

Nem bem começaram os preparativos para o GP da Inglaterra, corrida caseira da McLaren, a equipe de Woking já se depara com possíveis problemas. A esquadra revelou que pode ter de mudar o motor novamente do carro de Fernando Alonso, depois que a Honda identificou danos na unidade de energia provocados pelo acidente com Kimi Räikkönen, ainda na primeira volta do GP da Áustria.

O bicampeão, único com o pacote completo de atualizações do time inglês, no Red Bull Ring, há duas semanas, foi atingido pela Ferrari, quando o finlandês perdeu o controle do carro na saída da curva 2 do circuito austríaco. A colisão foi forte, e a McLaren acabou por cima da SF15-T #7 do nórdico. Os dois campeões do mundo saíram ilesos do acidente.

Mas os estragos encontrados pela fabricante japonesa agora poderão exigir uma troca, que seria a sexta de 2015 para o espanhol. Isso, porém, não significa que o piloto terá de cumprir uma nova punição. A fornecedora explicou que, se a mudança realmente for necessária, vai usar um motor mais antigo, para evitar a perda de posições no grid.

O acidente de Räikkönen com Alonso na Áustria (Foto: Reprodução TV)

Jenson Button, colega de Alonso no time britânico e que também foi punido com a perda de 25 colocações por ajustes no motor na Áustria, teve problemas com um sensor durante a prova. As investigações ainda continuam para apurar as falhas na unidade de potência do inglês.

"Nós concluímos as checagens das duas unidades de potência na fábrica. Acreditamos que o motor do carro de Fernando tenha sofrido danos causados pelo acidente, então pode ser que seja necessário mudar o motor", disse Yasuhisa Arai, diretor de competições da Honda. "Quando à unidade de Jenson, a questão ainda está sob investigação", completou.

A Honda já usou duas fichas de desenvolvimento neste ano para aprimorar a performance de seus motores e não pretende lançar mais de mais atualizações para o fim de semana, em Silverstone. "A Honda não tem a intenção de atualizar as unidades para o GP da Inglaterra", garantiu.

"Mas vamos otimizar a unidade de força para a fixação dos componentes aerodinâmicos atualizados no chassi", completou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube