Honda revela foco do segundo semestre em projeto de motor para 2019. E traça meta de “vencer corridas com a Red Bull”

Masashi Yamamoto, diretor de esportes a motor da Honda, avisou que a fábrica de Sakura trabalha no desenvolvimento de uma terceira especificação de motor para a atual temporada, prevista para ser levada à pista no GP da Bélgica. Depois, todo o foco do segundo semestre vai estar voltado para 2019, quando a Honda vai unir forças à Red Bull, além de seguir com a Toro Rosso. A meta é ajudar a equipe tetracampeã a trilhar o caminho das vitórias e lutar por títulos na F1

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A palavra de ordem em Sakura é uma só: trabalho. Em 2019, pela primeira vez desde que regressou à 1 como fornecedora de motores, a Honda vai fabricar unidades de potência para duas equipes. Além da Toro Rosso, a atual parceira, a marca japonesa também vai entregar motores à tetracampeã Red Bull, que assinou um contrato de dois anos após romper uma união vitoriosa de mais de uma década com a Renault. Por isso, depois de entregar uma terceira atualização de motores à equipe italiana no GP da Bélgica, todo o foco vai estar voltado para a próxima temporada.

 
Masashi Yamamoto, diretor de esportes a motor da Honda, afirmou que a fábrica já tem todo o projeto traçado para os próximos meses. A segunda especificação de motores foi entregue à Toro Rosso no Canadá, enquanto a terceira vai ser fornecida, de acordo com o planejamento, para a volta das férias da F1, em agosto.
 
E daí por diante, o trabalho vai ser dobrado com o desenvolvimento de motores para as duas equipes taurinas, Red Bull e Toro Rosso.
Diferente da McLaren, Yamamoto aposta em união vitoriosa ao lado da Red Bull na F1 (Foto: Honda Racing F1)
“Quanto à nossa tentativa de investigação e desenvolvimento de corrida da Honda, obviamente vamos trabalhar em detalhes preciosos para nossa terceira especificação. Ao mesmo tempo, vamos nos concentrar nas especificações do ano que vem. A última metade deste ano vai ser destinada ao desenvolvimento das especificações do ano que vem. Tudo vai se concentrar no motor da próxima temporada”, destacou o engenheiro em entrevista ao site oficial da F1.
 
Apesar de a maneira como a parceria com a McLaren ter sido rompida na esteira de muitas críticas por parte da equipe britânica, Yamamoto deixou claro que não há ressentimentos, pelo contrário. O dirigente ressaltou que o período ao lado da McLaren foi de aprendizado e crescimento visando a sequência da fábrica na F1.
 
“Os três primeiros anos com a McLaren, depois da volta da Honda, foram muito importantes porque foram três anos de aprendizado. Somos muito gratos por esses três anos. Quando unimos forças com a Toro Rosso, nos demos conta realmente dessa colaboração tão boa para nós”, disse Yamamoto, confiante em fazer uma parceria vencedora com a Red Bull.
 
“Estamos prontos para o próximo passo. Nosso passo é vencer corridas, e é por isso que nos unimos à Red Bull, o que pareceu ser a opção correta”, concluiu.
LISTRAS LISÉRGICAS

COM CHICANE E CORES POLÊMICAS, PAUL RICARD DIVIDE OPINIÕES

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube