Horner desmente boatos de rompimento e garante Renault como fornecedora de motores para Red Bull em 2015

Christian Horner afirmou que a Renaut vai seguir fornecendo motores para a Red Bull em 2015. Apesar da queda brusca de rendimento, os franceses continuam com os austríacos, pelo menos, na temporada que vem

A cobertura completa do GP do Canadá no GRANDE PRÊMIO
icone_TV Automobilismo na TV: a programação do fim de semana
As imagens da sexta-feira de F1 no Canadá

A parceria entre Red Bull e Renault continua firme em 2015. Apesar dos sérios problemas que a fornecedora de motores francesa enfrentou no início da atual temporada, Christian Horner, chefe do time austríaco, bancou a continuidade da parceria de longa data.

 
“Está 100% certo que a Renault será nossa fornecedora de motor em 2015”, disse.
 
Horner explicou que o desempenho conta sim, mas que o foco da Red Bull é manter-se ao lado da Renault.
 
“Nós temos um contrato de muitos anos com a Renault, mas a questão da performance interfere, claro. Porém, no momento, não estamos pensando em nenhuma alternativa para a Renault”, afirmou.
Christian Horner garantiu que a Red Bull fica com a Renault em 2015 (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
Por fim, o chefão relembrou os anos de glória da escuderia ao lado dos franceses e depositou confiança na reação imediata da Renault.
 
“Todas as nossas vitórias aconteceram ao lado da Renault, acreditamos que eles vão conseguir superar essa fase”, encerrou.
 
Após uma conturbada pré-temporada, a Red Bull vem encontrando seu caminho durante o campeonato. Os austríacos estão em segundo no Mundial de Construtores, atrás apenas da Mercedes, que domina a competição.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube