Horner faz alerta à Mercedes e diz que Ferrari “tem uma chance” de brigar pelo título mundial em 2015

Christian Horner, chefe da Red Bull, acredita que a Ferrari pode desafiar a Mercedes pelo título mundial caso a equipe alemã tenha no Japão o tipo de dificuldades que teve em Cingapura

O GP de Cingapura do último domingo teve uma diferença fundamental em relação a todas as outras corridas da temporada 2015 do Mundial de F1 – a Mercedes ficou para trás. Durante os três dias, a equipe alemã mostrou que não tinha ritmo para competir com Ferrari e Red Bull. Para o chefe do time dos energéticos, Christian Horner, se o panorama se repetir na corrida desta semana, no Japão, então a Ferrari passa a brigar pelo título mundial.
 
Segundo Horner, é necessário entender que o momento pode levar a julgamentos errados, mas a Ferrari estará realmente desafiando a Mercedes caso volte a mandar e veja a rival tropeçar em Suzuka.
 
"Eu acho que é uma zebra e fica muito fácil se deixar levar pelo momento. O que tem sido difícil de entender é o fato da Mercedes ter tido dificuldades para ser competitiva neste final de semana. Se isso continuar para o próximo, a Ferrari tem uma chance. Se voltar à normalidade, então se torna uma zebra muito grande", disse.
A Ferrari dominou a Mercedes em Cingapura (Foto: AP)
Horner começou dizendo que não sabia, mas chegou a dar quase que um palpite sobre o que deu errado para a rival, mas o que mais o impressionou foi a diferença de desempenho gigantesco entre apenas duas semanas e duas corridas.
 
"Não tenho ideia [do que causou o problema]. Eles não pareceram competitivos por todo o final de semana e é estranho ver a Mercedes fora do pódio", ressaltou Horner.
 
"Uma variação de performance assim é enorme. Você sabe que o motor não é o problema. Você sabe que os pilotos não são o problema e a aerodinâmica do carro tem sido decente o ano todo. Então, teoricamente, tem de ser algo mecânico com relação de aderência ou pneus. Estou certo de que eles possuem pessoas inteligentes que estão coçando suas cabeças agora e analisando isso", encerrou.

A Mercedes tem 463 pontos contra 310 da Ferrari no Mundial de Construtores. No de Pilotos, Lewis Hamilton tem 242 tentos, Nico Rosberg tem 211 e Sebastian Vettel tem 203.

 
A F1 volta já neste final de semana para o GP do Japão, e o GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e EM TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube