F1

Hospital informa quadro clínico “muito satisfatório” de Lauda após transplante de pulmão

O mais novo comunicado do Hospital Geral de Viena traz notícias animadoras a respeito de Niki Lauda. O ex-piloto se recupera bem após o transplante de pulmão do último dia 2, em condição médica que “melhora continuamente”
Warm Up / VITOR FAZIO, de Porto Alegre
 Nick Lauda (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
Passado o susto do transplante de pulmão, Niki Lauda começa a dá sinais claros de recuperação. De acordo com boletim emitido pelo Hospital Geral de Viena na manhã desta segunda-feira (6), o tricampeão da F1 apresenta quadro clínico “muito satisfatório” menos de uma semana após ser passar por cirurgia e ficar em estado grave.
 
O boletim também reforça que Lauda respira sem a ajuda de aparelhos, além de também não precisar ficar entubado.
 
“O Hospital Geral de Viena e a Universidade Médica de Viena ficam satisfeitos por informar sobre o quadro clínico muito satisfatório do Sr. Niki Lauda após o bem-sucedido transplante de pulmão no dia 2 de agosto”, descreveu o hospital. 
Niki Lauda apresenta estado de saúde animador (Foto: Getty Images)
“Já 24 horas após a cirurgia o Sr. Lauda não precisava ser entubado, respirava espontaneamente e tinha consciência plena. Durante os dias seguintes, a condição melhorou continuamente, com todos os órgãos funcionando bem. O Sr. Lauda vai permanecer no Hospital Geral de Viena até completar a recuperação”, encerrou.
 
O quadro de Lauda trouxe um misto de preocupação e confiança desde o começo. O médico Walter Klepetko, responsável pela operação de transplante de pulmão, ressaltou a gravidade da situação, mas já destacando a evolução de Lauda apenas um dia após a intervenção.
 
O transplante de pulmão é o terceiro de Lauda. O austríaco de 69 anos também precisou passar pelo procedimento com rins em 1997 e 2015, este último graças a uma doação da então namorada Birgit, com que se casou e teve filhos gêmeos.