Hülkenberg lamenta pré-temporada abaixo das expectativas e prevê dificuldades para Renault marcar pontos

Nico Hülkenberg terminou a pré-temporada sem gostar muito do que conseguiu fazer. Contratado para ser o principal nome do projeto da Renault, o alemão crê que os testes coletivos foram piores do que a equipe esperava e mostraram que, embora a equipe tenha melhorado em relação ao ano passado, marcar pontos será bem difícil

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

As altas expectativas da Renault entrando na temporada 2017 sofreram um golpe nos testes coletivos de pré-temporada de Barcelona – que terminaram nesta sexta-feira (10). Nico Hülkenberg afirmou sem muitos problemas que os testes foram piores que a equipe esperava. A Renault está abaixo das expectativas que tinha.

 

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
O que Hülkenberg afirmou, porém, é que a equipe está mais forte do no ano que passou. Segundo o alemão, a Renault se aproximou do pelotão intermediário. Mas não deu para testar tantos aspectos do R.S.17 quanto gostaria por causa dos vários problemas de confiabilidade. 

 
"Acho que os testes não atingiram nossas expectativas. Descobrimos algumas coisas que não gostaríamos que estivessem da forma como estão. É assim que funciona. Agora nós temos que trabalhar duro para melhorar e apontar na direção certa", disse.
 
"Gostaríamos de fazer mais alguns testes de setup, o que não conseguimos por problemas de confiabilidade. Então não pudemos fazer tudo da forma como gostaríamos. Ainda temos potencial para sermos melhores. E ainda temos muito trabalho para fazer no carro. Mas o ano é longo, então espero que possamos melhorar", falou Hülk.
Nico Hülkenberg (Foto: AFP)
E, como ressaltou, Mercedes, Ferrari, Red Bull e Williams estão bem à frente das demais, então não restam muitos espaços para pontuar. A zona de pontos será uma meta complicada para a Renault neste começo de temporada.
 
"Acho que a Renault está num lugar melhor que ano passado. O time se aproximou do pelotão intermediário, isso sem dúvidas. Pontos serão difíceis, porque eu acho que quatro times estão claramente na frente. Não há muito sobrando. Será difícil", encerrou.
 
A temporada começa com o GP da Austrália de 26 de março.
 
PADDOCK GP #68 ANALISA SEGUNDA SEMANA DE TESTES DA F1 EM BARCELONA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube