Hülkenberg ou Grosjean: Haas revela escolha difícil para companheiro de Magnussen

Günther Steiner ainda tem dúvidas se renova o contrato de Romain Grosjean ou contrata Nico Hülkenberg para 2020. Chefe de equipe da Haas afirmou que decisão não pode ser baseada em resultados corrida a corrida, e sim no melhor encaixe para o futuro

Nico Hülkenberg ou Romain Grosjean? A Haas ainda está em dúvidas para decidir uma de suas vagas no grid para a temporada 2020. Vivendo seu pior ano desde a entrada na Fórmula 1, em 2016, o time americano não sabe quem assume o cockpit no próximo campeonato
 
Günther Steiner, chefe de equipe, revelou que parte da decisão está nas mãos do dono Gene Haas. Eles entendem que a decisão não é fácil, especialmente em um ano complicado do time, que somou 26 pontos e ocupa a nona posição no Mundial de Construtores.
 
"Se fosse uma decisão clara e fácil de tomar, teríamos concordado imediatamente. Não temos certeza do que é melhor, ele não tem, nem eu". Ele sempre pode me dizer o que fazer, porque tem o privilégio de financiar o time. Ele valoriza a minha opinião, então apenas discutimos como tomar a melhor decisão para o time, não a melhor para nós. O que temos agora não é ruim, mas podemos fazer melhor? O quão grande é o risco de tentar fazer melhor e não caminhar na direção correta?", comentou Steiner em entrevista à revista ‘Autosport’.
Romain Grosjean (Foto: Haas)
Com 8 pontos e em 17º no Mundial de Pilotos, Grosjean está na Haas desde o ano de fundação, mas não vive grande temporada, com resultados pouco relevantes e vários problemas de confiabilidade. Steiner garante que uma análise “corrida a corrida” não será fator determinante para manter o franco-suíço no time.
 
"É isso o que quero enfatizar: não vamos julgar o Romain corrida a corrida. É claro que ele precisa de um bom resultado, é claro que ele sabe o que ajuda e o que não ajuda. É mais sobre o que estamos para decidir com o futuro do time, esta é a grande decisão. Conhecemos o Romain muito bem. Se ele tiver um fim de semana ruim, não significa que ele será fantástico no próximo", disse.
 
"Precisamos agora tomar uma decisão para o time, de onde queremos ir. O que é melhor? Continuar com o que temos ou apostar em algo novo? A experiência dele é muito valorizada, mas como eu disse, é uma decisão mais sobre onde queremos levar o time", seguiu.
Nico Hülkenberg (Foto: Renault)
Apesar da dúvida, o chefe revelou que não tem pressa para fazer a escolha. Nico Hülkenberg está sem vaga no grid após a Renault optar pela entrada de Esteban Ocon no seu lugar para 2020.
 
"Não tem desespero para acertar. O mercado não está se movimentando muito neste ano, não tivemos grandes negociações. É bem difícil decidir o que fazer, por isso demora um pouco. Conhecemos o Romain muito bem e vejo o que o Hülkenberg faz, então, é mais sobre quem se encaixa melhor no esquema do time do que apostar em corrida a corrida", concluiu.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube