Interlagos tem domingo de céu azul e sem chance de chuva para GP do Brasil

O tempo fechado ficou para trás, e o sol finalmente deu as caras de vez em Interlagos desde as primeiras horas deste domingo (17) de GP do Brasil de F1. A possibilidade de chuva para o horário da corrida é zero

O clima não foi dos mais agradáveis na sexta-feira e no sábado em Interlagos. Chuva na sexta-feira, céu nublado, vento e frio tanto para os treinos livres como para a sessão classificatória que definiu o grid de largada do GP do Brasil de Fórmula 1. Mas para o domingo (17) de corrida, o tempo virou positivamente. O dia amanheceu com céu azul e já com temperatura ambiente mais alta, na casa dos 21ºC, e deve aumentar mais um pouco antes da largada.
 
Nesta manhã de domingo, restando pouco menos de 4 horas para o início do GP do Brasil, a temperatura ambiente é de 21ºC, enquanto a temperatura do asfalto é de 46ºC. De acordo com o site especializado ‘Accuweather’, a previsão para o horário da corrida é de variação entre 21 e 22ºC.
Céu azul neste domingo de GP do Brasil de F1 em Interlagos (Foto: Fernando Silva/Grande Prêmio)
De acordo com a publicação, a chance de chuva é zero para as próximas horas, mas a expectativa é que o sol radiante das primeiras horas da manhã ganhe a companhia de algumas nuvens. Interlagos, mesmo com a previsão descartando pista molhada no horário da corrida, é sempre imprevisível no aspecto climático.
 
O fato é que o clima pode mudar a ordem de forças neste domingo de GP do Brasil, uma vez que as equipes só aceleraram até agora no fim de semana em condições mais frias, o que muda completamente o cenário em termos de desgaste de pneus, por exemplo, e do comportamento do carro.
 
Max Verstappen vai largar na pole-position do GP do Brasil de logo mais e vai ter ao seu lado a companhia de Sebastian Vettel na primeira fila do grid. Lewis Hamilton vai largar em terceiro, dividindo uma segunda fila prateada toda com Valtteri Bottas, enquanto Charles Leclerc, com a punição e perda de 10 posições no grid, vai partir em 14º. Carlos Sainz, por sua vez, vai fechar o alinhamento inicial depois de ter sofrido problemas no motor na classificação.
 
O GRANDE PRÊMIO cobre in loco o GP do Brasil com os jornalistas Evelyn Guimarães, Felipe Noronha, Fernando Silva, Flavio Gomes, Gabriel Carvalho, Gabriel Curty e Pedro Henrique Marum, e o fotógrafo Rodrigo Berton. Acompanhe todo o noticiário aqui e tudo dos bastidores e das atividades em pista AO VIVO e em TEMPO REAL.
Paddockast # 42
QUEM É VOCÊ NO GP DO BRASIL?

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube