Leclerc admite que “dava para fazer volta melhor”, mas diz que esperava mais da Ferrari

Alguma decepção e um tanto de mea culpa foi o ingrediente da entrevista pós-treino de Charles Leclerc no circuito Enzo e Dino Ferrari, em Ímola

Após o fim de semana mais forte da temporada em questão de puro desempenho da Ferrari em Portugal, Charles Leclerc esperava mais que novamente ficar preso no pelotão intermediário do GP da Emília-Romanha. Só que foi exatamente o que aconteceu no treino de classificação deste sábado (31), em Ímola.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Leclerc bateu McLaren e Racing Point, é verdade, mas não conseguiu superar Alexander Albon e seu desajuste na Red Bull, Daniel Ricciardo e Pierre Gasly. Um tanto disso, o monegasco crê ter sido culpa dele próprio por conta de uma volta menos que perfeita. Mesmo assim, a decepção existe, ainda que velada. Achava que o carro seria melhor.

“Infelizmente, não melhoramos tanto quanto no treino livre. Fizemos mudanças no equilíbrio e evoluiu um pouco, mas o desempenho foi o mesmo. Largaremos em sétimo e com pneus macios com os quais demos duas voltas lançadas, então não estarão no melhor momento. Mas faremos tudo que for possível”, disse.

Charles Leclerc queria mais da Ferrari em Ímola (Foto: Ferrari)

“Será certamente importante fazer com que os pneus macios funcionem bem no primeiro stint. Desde a Alemanha [GP de Eifel]. trabalhamos muito, ainda que hoje estejamos mais próximos do desempenho de Nürburgring que daquele de Portimão. Será importante fazer com que os pneus durem”, afirmou.

“Esperava mais aqui. Estamos felizes, porque vimos progresso nas últimas duas corridas, mas mantivemos os pés no chão e sabemos que há muito trabalho a ser feito. É difícil melhorar. Estamos em sétimo, mas todo mundo está próximo. Além disso, acredito que dava para ter feito uma volta melhor. Há uma diferença pequena para Pierre, que é o quarto. Então, isso é culpa minha. Vamos trabalhar para fazermos trabalho melhor para na corrida”, finalizou.

O GRANDE PRÊMIO acompanha o GP da Emília-Romanha AO VIVO e EM TEMPO REAL a partir das 9h (de Brasília) do domingo. Antes e depois da corrida, a GPTV ainda transmite duas edições do BRIEFING, o debate do GP nos fins de semana de F1.

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube