F1

Leclerc fala em “GP que mais gostei na F1” e admite: “Áustria mostrou até onde posso ir”

Charles Leclerc admitiu que a derrota para Max Verstappen na Áustria o fez abrir os olhos para como deve agir com o holandês. De novo, os dois se encontraram na pista e deram um show na disputa que travaram. Por isso, o monegasco considerou o GP da Inglaterra a “corrida que mais gostei na carreira”

GRANDE PRÊMIO / EVELYN GUIMARÃES, de Curitiba
"Foi a corrida que mais gostei na minha carreira na F1". Assim Charles Leclerc definiu o GP da Inglaterra, prova em que cruzou a linha de chegada na terceira colocação. Só que a frase acima não tem a ver com o pódio, mas, sim, com a eletrizante disputa que protagonizou com o rival Max Verstappen. De novo, os dois se acharam em uma dura briga por posições. O jovem ferrarista até venceu a primeira parte, mas o holandês acabou levando a melhor depois. Max, aliás, ainda perdeu a chance de pódio depois de ser atingido por Sebastian Vettel, quando já estava na terceira colocação.
 
Ao falar da corrida e da troca de colocação com o piloto da Red Bull, Leclerc voltou a lembrar a briga travada na Áustria, há duas semanas, quando foi derrotado por Verstappen em uma disputa igualmente acirrada. O monegasco admitiu que a atitude do adversário lá o motivou na luta vivida neste domingo, em Silverstone.
Charles Leclerc e Max Verstappen (Foto: AFP)
"Definitivamente, acho que a última corrida foi uma surpresa para mim, mostrando até onde podemos ir e acho ótimo para a F1, que agora podemos brigar no limite", disse a Jenson Button, logo depois da etapa inglesa.
 
Leclerc ainda reconheceu que a corrida foi mais complicada do que pareceu. "Foi ótimo terminar em terceiro, mas hoje foi um dia difícil", afirmou o piloto do carro vermelho #16. "Não estávamos onde gostaríamos nos dois primeiros stints da prova", completou.
 
"Com o pneu duro, nós fomos muito fortes, mas infelizmente o safety-car nos fez perder algumas posições, e isso não foi bom. Mas estou feliz de terminar em terceiro e feliz pelas batalhas que travei hoje", reconheceu.
 
Agora a Fórmula 1 volta daqui a duas semanas, com o GP da Alemanha, em Hockenheim. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo 

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.