Hamilton define GP da Áustria como “frustrante” e diz: “Perdemos muitos pontos”

Lewis Hamilton sabia que dificilmente venceria na Áustria, mas não poderia imaginar que nem iria ao pódio. O quarto lugar incomoda o britânico, agora 32 pontos atrás de Max Verstappen

Verstappen aplica novo domínio e vence: os melhores momentos do GP da Áustria (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Lewis Hamilton nem tinha muitas expectativas de derrotar Max Verstappen no GP da Áustria deste domingo (4), mas acabou com um resultado até pior do que o esperado. O britânico danificou o carro ao atacar demais uma zebra e, ao invés de terminar em segundo, acabou em quarto. O dia difícil no Red Bull Ring é definido como simplesmente “frustrante”.

“Eu já tinha dito antes da corrida que seria muito difícil superar o Max”, recordou Hamilton, entrevistado pela emissora britânica Sky Sports. “Ainda assim, é frustrante perder tanto downforce na traseira e perder o segundo lugar. Perdemos muitos pontos”, comentou.

Hamilton danificou o assoalho na zebra e ficou de mãos atadas na briga pelo pódio. Valtteri Bottas e Lando Norris superaram o heptacampeão sem grandes dificuldades.

Lewis Hamilton nem foi ao pódio (Foto: Mercedes)

“Eu não estava atacando a zebra mais do que os outros. Não sei o que aconteceu, mas ficou muito danificado. Eu estava em segundo quando isso aconteceu, e seria fácil terminar em segundo. Mesmo assim, não daria para alcançar o cara na frente [Verstappen]”, frisou.

“Estamos muito atrás deles e temos muito trabalho por fazer. Precisamos colocar a mão na massa, que eu sei que já estamos fazendo. Eles trouxeram muitas atualizações nas últimas corridas, mas nós não trouxemos nada. Precisamos encontrar muita velocidade, e tão cedo quanto possível”, apontou.

O quarto lugar deixa Hamilton 32 pontos atrás de Verstappen no Mundial de Pilotos. A chance de reação vem em Silverstone, no GP da Inglaterra de 18 de julho.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar