Hamilton diz que “ótimo GP de Las Vegas” foi resposta à “negatividade de todos”

Foram vários os problemas durante a passagem da Fórmula 1 por Las Vegas, mas Lewis Hamilton preferiu criticar "a negatividade" em torno das corridas realizadas nos EUA do que cobrar os responsáveis

Tampa de bueiro solta que quase culminou em tragédia com piloto, torcedores expulsos das arquibancadas sem assistirem a um único treino completo, pó químico para neutralizar vazamento de óleo na pista antes da largada. Esses foram apenas alguns dos fatos ocorridos durante o fim de semana da Fórmula 1 em Las Vegas que expuseram as falhas da organização do evento, mas para Lewis Hamilton, a corrida no domingo serviu para calar “a negatividade” de muitos — inclusive, de toda a mídia.

O GP realizado em um dos cartões-postais mais emblemáticos do estado de Nevada, nos Estados Unidos, foi, de fato, um dos melhores da temporada 2023, com inúmeras disputas por posição e briga de verdade pela vitória, sobretudo nas voltas finais. Um saldo, portanto, muito positivo para o heptacampeão da Mercedes, que evitou criticar ou fazer qualquer cobrança à Federação Internacional de Automobilismo (FIA) e ao Liberty Media pelos acontecimentos do início da semana.

“A corrida foi ótima. Uma das melhores”, começou Hamilton. “Tantas pessoas, a mídia inteira, foram negativas sobre essa corrida, o show e tudo mais. Deixe estar e veja como as coisas acontecem”, bradou o #44, comparando ainda Las Vegas com a etapa do Azerbaijão.

“Ótima corrida, é como Baku, só que melhor”, frisou. “Há muita negatividade em torno da realização de três GPs nos Estados Unidos, além de pessoas falando sobre trazer de volta circuitos clássicos da Europa. E tivemos aqui uma corrida melhor do que na maioria das pistas que frequentamos. Portanto, tiro o chapéu para as pessoas que comandam o show e estou ansioso para voltar e ter uma corrida ainda melhor no ano que vem”, completou o inglês.

Lewis Hamilton terminou a prova somente na sétima posição pela Mercedes (Foto: Mercedes)

Problemas à parte, Hamilton ainda declarou que os organizadores conseguiram realizar “um grande evento”, como era esperado. A abertura da etapa, por exemplo, contou com um desfile de artistas musicais consagrados, como John Legend e Kylie Minogue, embora a pompa também tenha dividido opiniões.

“O próximo ano será ainda melhor”, afirmou Lewis, ciente também de que os problemas servirão de lição para a etapa de 2024. “Agora que passamos por isso, muitas coisas serão aprendidas, e somos muito gratos por Vegas nos receber”, concluiu.

Fórmula 1 retorna neste final de semana, entre os dias 24 e 26 de novembro, com o GP de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, 22ª e última etapa da temporada 2023. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.