Hamilton se queixa de largada e diz que Bottas “deixou porta aberta para Verstappen”

Lewis Hamilton lamentou que Valtteri Bottas não tenha "segurado" Max Verstappen após a largada do GP da Cidade do México. Holandês saltou de 3º para 1º e venceu a corrida com sobras

F1 AO VIVO! VERSTAPPEN ENGOLE MERCEDES NA LARGADA E VENCE GP DA CIDADE DO MÉXICO | Briefing

Após uma boa classificação no sábado (6), garantindo a primeira fila na largada do GP da Cidade do México, as duas Mercedes foram ultrapassadas por Max Verstappen ainda antes da primeira curva na corrida. Logo após a largada, o pole Valtteri Bottas ficou lado a lado com Lewis Hamilton e o holandês tomou vantagem,. A Mercedes conversou sobre como seus pilotos se comportariam na largada de domingo (7), mas o britânico heptacampeão mundial afirmou após a disputa que o resultado não saiu conforme o combinado.

“Eu tinha visualizado de forma diferente, naturalmente, no sentido de que Valtteri talvez tivesse uma largada melhor e eu tentaria pegar seu vácuo”, afirmou Lewis. “Mas então fiquei ao seu lado, o que era bom. Eu estava apenas cobrindo meu lado da pista, tentando garantir que ninguém poderia vir por dentro, tentando manter atrás qualquer Red Bull que eu visse no retrovisor”, disse o heptacampeão, para em seguida reclamar da forma com que Bottas lidou com a aproximação de Verstappen.

“Achei que Valtteri fosse fazer o mesmo, mas ele obviamente deixou a porta aberta para o Max”, reclamou o britânico. “E Max estava na linha de corrida, ele fez um grande trabalho freando na curva 1, porque eu estava por dentro, no lado sujo, então não tinha esperança para mim”, lamentou.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Lewis Hamilton não ficou feliz com Valtteri Bottas no México (Foto: Mercedes)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Além da largada ruim de Bottas, o finlandês ainda foi tocado pela McLaren de Daniel Ricciardo na primeira curva, o que fez o carro #77 rodar no meio da pista. Assim, coube a Hamilton ficar entre as duas Red Bull, tentando afastar a aproximação de Sergio Pérez.

“Isso fez a corrida muito mais difícil, naturalmente”, admitiu Lewis. “Ter apenas um carro na frente significa que eles têm vantagem na estratégia. Acho que Sergio estava muito perto no primeiro stint, e não conseguia me distanciar dele. Então houve um momento em que, ou nós iríamos dar um ‘undercut’ neles, ou eles iriam fazer isso com a gente. Então nós paramos, e acho que a equipe fez um grande trabalho – é que não tínhamos realmente mais pneus no final”, lamentou o inglês.

A parte final da corrida reservou um Pérez com ritmo alucinante, diminuindo cada vez mais a vantagem do heptacampeão. Hamilton conseguiu segurar a 2ª posição, mas destacou a dificuldade de segurar o mexicano. “Onde há vontade, há um caminho. Conseguimos mantê-los atrás. Mais uma volta e acho que seria impossível”, encerrou.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar