F1

Magnussen espera pilotos mais fortes após mudança de peso mínimo, mas brinca: “Ninguém vai parecer o Hulk”

Todos os pilotos da F1 em 2019 terão que pesar no mínimo 80 kg ou usar lastro para compensar o que faltar no cockpit, segundo o novo regulamento. E isso deve fazer mais gente aparecer na pré-temporada em Barcelona “mais forte”, segundo Kevin Magnussen
Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
 Kevin Magnussen (Foto: Haas)
A F1 tem algumas mudanças em seu regulamento para 2019, e uma delas diz respeito ao peso: é que todo piloto terá de ter, no mínimo, 80 kg, ou usar lastros no cockpit para que tal marca seja completada. Desta forma, acredita-se que muitos dos membros do grid devam aparecer com quilos além do que estão acostumados para o próximo ano — em músculos, no caso.

É o que pensa Kevin Magnussen, por exemplo. O piloto da Haas afirmou que é um dos que já ganhou um pouco de peso, mas que dificilmente será algo que todos vão reparar logo de cara.

"Acredito que ganhei músculos, mas falo de um quilo ou dois em relação ao final da última temporada. Não é algo que se note muito. E não espero que ninguém chegue e pareça o Incrível Hulk", brincou o dinamarquês.
Kevin Magnussen (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Seu companheiro Romain Grosjean é outro que já comentou a situação criada pela nova regra: "Veja, posso ter exagerado! Tenho 1,80 m e 69 kg há uns seis ou sete anos, e acho que agora, com essa liberdade, posso ter ganhado uns quilos. Mas voltei à dieta. Foi divertido, porém".

Magnussen continuou, explicando que mudou seu tipo de treinamento físico já pensando na novidade: "Fiz treinos novos e a intensidade tem sido um pouco maior."

"Me sinto mais em forma e é uma sensação boa. Tenho vontade de ir para o carro e ver os resultados deste treinamento dos últimos meses. Não sou um dos pilotos mais altos, então nunca passei por problemas com isso, como alguns que tiveram que passar fome por meses porque a equipe fabricou um carro mais pesado. Tive sorte com isso", finalizou.

Os pilotos da Haas mostrarão se estão em melhor forma a partir do dia 18 de fevereiro, em Barcelona, no início dos testes de pré-temporada. A equipe americana é a única, até o momento, a revelar como será seu novo carro para 2019.