F1
27/02/2018 05:30

Martini opta por não renovar contrato depois de quatro anos e deixa Williams ao fim da temporada 2018

A bela e icônica pintura da Martini, que desde 2014 patrocina a Williams, vai deixar a F1 ao fim desta temporada. A marca de bebidas optou por não renovar o contrato com a escuderia britânica, que garante estar “financeiramente estável”. A informação é do site norte-americano ‘Motorsport.com’
Warm Up, do Circuito da Catalunha / Redação GP, de São Paulo
 Lance Stroll (Foto: Williams)

Se em 2018 a Williams vai à pista com o mesmo layout de 2017, no próximo ano isso deve mudar. É que a Martini, patrocinadora da equipe há quatro anos, não vai renovar o contrato em vigor e deixa a escuderia de Grove ao fim deste ano.

A informação foi apurada pelo site 'Motorsport' e divulgada no início desta terça-feira (27), segundo dia de testes de pré-temporada em Barcelona. A Martini teria renegociado o contrato com a Williams e conversado com outros times, mas decidido que a continuidade na F1 "não estava alinhada" com os objetivos atuais da marca.

Claire Williams foi quem confirmou a situação. Segundo ela, o Grupo Bacardi, dono da Martini, alegou que há outros patrocínios que a empresa prefere se focar no momento. "E isso envolve tempo", disse a dirigente.
A pintura icônica da Martini vai deixar a F1 ao fim da temporada 2018 (Foto: Williams)
Por consequência, as conversas sobre a Wlliams ser uma "equipe de pilotos pagantes" deve aumentar, até pelo motivo de que a própria Claire diz "não ver problema nisso". Atualmente, a equipe conta com dois nesta situação: tanto Lance Stroll, como o novato Sergey Sirotkin.

Segundo Claire, a equipe está "estável financeiramente". "Um parceiro forte é algo central na organização da equipe, mas não diria que vamos priorizar isso sobre o restante", afirmou.

Coincidentalmente ou não, a Martini deixará a Williams no ano seguinte à equipe decidir colocar na pista dois pilotos abaixo de 25 anos, idade mínima para que eles possam fazer propaganda da marca de bebidas alcoólicas. Stroll tem 19 anos, enquanto Sirotkin, o novo contratado do time, tem somente 22.