Massa critica falta de drenagem em trechos do circuito de Suzuka após mudanças: “Não vi nenhuma melhora”

Os responsáveis pelo circuito de Suzuka fizeram melhorias para melhorar a drenagem e evitar ao máximo a aquaplanagem dos carros em situações de muita chuva, como no acidente que acabou por matar Jules Bianchi. Mas Felipe Massa entende que o trabalho não surtiu efeito

Uma das principais queixas dos pilotos neste primeiro dia de treinos livres do GP do Japão foi relacionada à aquaplanagem enfrentada em Suzuka. Os responsáveis pelo circuito nipônico trabalharam para minimizar ao máximo o efeito das chuvas e melhorar o escoamento da água de modo justamente a evitar situações como a enfrentada por Jules Bianchi, que sofreu um acidente fatal no ano passado quando aquaplanou com seu carro.

Mas Felipe Massa, ao comentar sobre a situação da pista nesta sexta-feira (25), entende que o problema ainda continua lá. Em entrevista ao site norte-americano ‘Motorsport.com’ logo depois do treino, Massa foi indagado se as condições melhoraram depois das obras de melhoria do escoamento da água no asfalto.

Massa comentou as condições da drenagem do asfalto de Suzuka e deixou claro que não gostou do que viu (Foto: AP)

“Não. Acho que quando está chovendo e há muita água, a aquaplanagem é o principal problema para mim nesta pista, então eu acho que não. Isso não é fácil de tirar. Você pode ver na televisão que tinha vários rios”, bradou.

“Isso tem sido sempre um problema nesta pista desde quando comecei a correr e não vi nenhuma melhora”, completou Felipe.

Daniel Ricciardo, da Red Bull, também comentou sobre as condições da pista. “Nesta tarde, quando estava lá na pista, não estava chovendo tanto, por isso não tinha muitos rios, mas nesta manhã, na volta de instalação, os rios eram os mesmos do ano passado. Nada é óbvio para mim, mas a maioria de nós ficou na pista, então talvez isso seja algo”, disse o australiano.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube