Verstappen vê F1 2024 “mais desafiadora” e diz que Red Bull “não pode se dar ao luxo de errar”

Foi divertido, porém Max Verstappen acredita que o GP do Canadá serviu de alerta para a Red Bull, que agora precisa considerar cada detalhe na disputa contra as rivais diretas

Novamente na temporada 2024 da Fórmula 1, Max Verstappen teve um pouco mais trabalho para sair de uma etapa com a vitória nas mãos, e mesmo que as disputas acirradas sejam divertidas, o neerlandês chamou atenção para a necessidade de foco da Red Bull mais do que nunca. Ou seja: não há mais espaço para erros, por menores que sejam.

Verstappen brigou bastante com o carro ao longo do fim de semana do GP do Canadá, nona etapa do campeonato, enquanto Mercedes e McLaren surgiram fortes e prontas a brigarem pela pole-position. Só que o neerlandês não se deu por vencido e, no braço, arrancou o mesmo tempo de 1min12s000 de George Russell, assegurando a primeira fila.

Na corrida, a variação das condições de pista, ora com chuva, ora secando, deixaram as chances ainda mais abertas para todos, porém Verstappen teve muita dificuldade no primeiro stint com os intermediários no instante em que o asfalto começou a secar. Só que o primeiro safety-car ajudou o #1 a retornar à ponta, e o segundo set de pneus também desempenhou muito melhor no RB20.

Max ainda contou com a leitura certeira da Red Bull na hora de arriscar os slicks, enquanto a McLaren demorou a chamar Lando Norris. Foi o 60ª triunfo da carreira na F1, porém longe da facilidade vista no ano passado.

Verstappen bateu Norris no Canadá (Foto: Red Bull Content Pool)

Durante a coletiva de imprensa pós-corrida, ao ser indagado se o maior desafio tornava a disputa mais emocionante, refletiu: “É definitivamente mais desafiador, e também, claro, da maneira como a corrida de hoje [domingo] aconteceu, foi muito emocionante no geral.”

“E isso definitivamente nos mantém alerta”, frisou Verstappen. “Não podemos mais nos dar ao luxo de cometer erros, por menores que sejam. Portanto, cada pequeno detalhe importa agora”, concluiu.

A Red Bull pontuou apenas com Verstappen no Canadá. Sergio Pérez, que novamente caiu no Q1 da classificação pela segunda vez seguida em 2024, bateu na segunda metade da prova e abandonou. A sorte dos taurinos foi que a rival mais próxima, a Ferrari, teve um fim de semana para esquecer, deixando Montreal zerada.

Fórmula 1 volta entre os dias 21 e 23 de junho, em Barcelona, com o GP da Espanha, décima etapa da temporada 2024.

:seta_para_frente: Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
:seta_para_frente: Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.