Verstappen lamenta “classificação de merda”, mas se diz pronto para vitória em Baku

Pelo segundo fim de semana seguido, Max Verstappen viu as chances reais de marcar a pole caírem por terra por conta de um acidente no fim do Q3. O holandês lastimou o desfecho da classificação no Azerbaijão, mas, por outro lado, se mostrou confiante para a corrida

Leclerc surpreende e é pole: assista aos melhores momentos da classificação da F1 no Azerbaijão (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Aconteceu de novo. Max Verstappen viu o filme da classificação do GP de Mônaco se repetir neste sábado (5) em Baku. Assim como no Principado, o holandês despontava com chances muito reais de conquistar a pole do GP do Azerbaijão, mas foi prejudicado por um acidente no fim do Q3 e perdeu qualquer possibilidade. Coincidentemente, nas duas oportunidades o pole foi Charles Leclerc, da Ferrari. Neste domingo, Verstappen vai largar apenas em terceiro, atrás também de Lewis Hamilton e ao lado da AlphaTauri de Pierre Gasly, com quem vai dividir a segunda fila do grid.

Sobre a classificação como um todo e a forma como tudo se desenrolou, com nada menos que quatro bandeiras vermelhas — batidas de Lance Stroll e Antonio Giovinazzi no Q1, Daniel Ricciardo no Q2 e Yuki Tsunoda e Carlos Sainz no fim do Q3 —, Verstappen saiu ‘cuspindo fogo’.

Max Verstappen teve motivos demais para lamentar neste sábado em Baku (Foto: Red Bull)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Que classificação incrivelmente ruim. Faz parte, ainda temos o terceiro lugar. Voltamos bem depois do terceiro treino livre, quando bati”, lembrou o piloto da Red Bull, uma das vítimas da curva 15 do circuito azeri.

“Temos um carro bom, que também funcionou bem, mas aquela merda no Q3 não ajudou. É uma merda, mas essas coisas acontecem em circuitos de rua”, disparou.

Entretanto, quando o assunto são as perspectivas para a corrida, a fúria de Verstappen dá lugar ao otimismo. “Temos carro forte, e espero que amanhã consiga cuidar dos pneus, gerir bem e marcar muitos pontos”.

“Estamos definitivamente prontos para a vitória, mas gostaria de estar mais à frente. Ainda temos de competir amanhã, inclusive com Hamilton. Você vê hoje o que aconteceu na classificação. Quem sabe o que vai acontecer na corrida amanhã? Vamos esperar primeiro por uma boa largada”, comentou.

E assim como aconteceu em Mônaco, Ferrari, Mercedes e Red Bull vão largar nas três primeiras posições. Algo que foi destacado pelo líder da temporada. “Três carros diferentes no top-3 é sempre bom de se ver”, finalizou.

A largada da corrida, sexta etapa da temporada 2021 da Fórmula 1, está marcada para 9h (de Brasília) deste domingo. O GP segue tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar