Verstappen vence disputa com Hamilton no Bahrein e crava primeira pole da F1 em 2021

Max Verstappen venceu a batalha com Lewis Hamilton e garantiu, no Bahrein, a primeira pole da temporada e confirmou as expectativas sobre a força da Red Bull. Sergio Pérez caiu no Q2 e Sebastian Vettel vai largar atrás até de Nicholas Latifi

Verstappen na pole e Hamilton em segundo: veja o resumo do sábado da Fórmula 1 no Bahrein

Uma Fórmula 1 do jeito que o fã gostaria de ver. Depois de longos anos de domínio da Mercedes, a temporada 2021 começou com grande perspectiva de uma batalha real com a Red Bull pelo título. Nos primeiros treinos livres da etapa de abertura do campeonato, no Bahrein, Max Verstappen dominou as atividades e liderou as três sessões, sendo a última até com facilidade em cima de Lewis Hamilton. Na definição do grid de largada em Sakhir, na noite deste sábado, o holandês confirmou o favoritismo com direito a uma grande e pesada batalha com Lewis Hamilton. No fim, Max cravou uma volta perfeita, 1min28s997, com a melhor parcial nos três setores, superou o heptacampeão em 0s388 e garantiu a quarta pole da carreira e abrindo da melhor forma a temporada deste ano. Um ano que promete demais para a F1.

Valtteri Bottas vai largar em terceiro depois de ter ficado a 0s589 do tempo do pole Verstappen. O finlandês dividirá a segunda fila do grid de largada do GP do Bahrein com Charles Leclerc, que superou o novo companheiro de equipe, Carlos Sainz, que despontava com melhor desempenho no Q2 ao bater o monegasco por apenas 0s001. A Ferrari mostra ter realmente evoluído ao deixar para trás a forte McLaren, que se colocou em sexto lugar no grid, com Daniel Ricciardo, e em sétimo, com Lando Norris.

Max Verstappen foi o grande nome da classificação deste sábado em Sakhir (Foto: Beto Issa)

Vale um parágrafo à parte para a performance de Pierre Gasly, que foi novamente muito bem com o carro da AlphaTauri, que se mostra bem nascido logo de cara. O francês vai largar na quinta posição em Sakhir.

Quem também andou bem demais foi Fernando Alonso, que foi ao Q3 na sua primeira classificação no regresso à F1 e vai largar em nono com o carro da Alpine, entre a Ferrari do compatriota Sainz e a Aston Martin de Lance Stroll, décimo. Sergio Pérez, em sua primeira classificação com a Red Bull, não passou para o Q3 e vai largar só em P11. Pior ainda foi Sebastian Vettel, que amargou a eliminação ainda no Q1 e vai largar em P18, atrás até da Williams de Nicholas Latifi e à frente só das Haas de Mick Schumacher e Nikita Mazepin.

Assista ao BRIEFING com tudo sobre a classificação que definiu o primeiro pole do ano na F1 neste sábado em Sakhir. E o GP do Bahrein de Fórmula 1 tem largada marcada às 12h (de Brasília) deste domingo. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

Saiba como foi a classificação do GP do Bahrein de Fórmula 1

Q1: Vettel dá vexame e é eliminado e Tsunoda voa em Sakhir

A classificação começou com toda a expectativa em cima de Max Verstappen, grande favorito à pole-position depois do desempenho arrasador nas três sessões de treinos livres em Sakhir. Mas, muito longe do protagonismo, as lanternas Williams e Haas mandaram seus pilotos para a pista para aproveitar a pista livre no começo do Q1 com a temperatura ambiente na casa dos 30ºC. A previsão do tempo apontava para queda brusca de temperatura e também para ventos fortes, o que trazia a perspectiva até de tempestades de areia. O que não aconteceu.

O primeiro tempo da noite seria registrado por George Russell, dono de lembranças contrastantes de Sakhir — correu pela Mercedes no lugar de Lewis Hamilton, mas perdeu, de forma amarga, a chance de vencer no anel externo em dezembro do ano passado. Mas o britânico abortou a volta, enquanto Nikita Mazepin rodou na sua primeira tentativa de volta rápida. Assim, quem virou o primeiro tempo do Q1 foi Mick Schumacher com 1min33s861.

Mas as melhores voltas não tardaram a chegar. Mercedes, Red Bull, McLaren e Ferrari, por exemplo, mandaram logo seus pilotos para a pista, todos usando pneus macios.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

WEB STORIESComo foram os treinos livres da Fórmula 1 2021 no Bahrein

Yuki Tsunoda mostrou novamente a ótima forma da AlphaTauri em Sakhir (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

Primeiro foi Lando Norris ocupou a ponta, depois Carlos Sainz e Charles Leclerc fizeram uma provisória dobradinha da Ferrari. Valtteri Bottas também chegou a assumir a liderança, mas depois foi superado por Hamilton, com 1min30s617, e por Sergio Pérez. Mas Verstappen destronou Hamilton do posto de P1 ao registrar 1min30s499, 0s118 mais rápido que o heptacampeão.

E que grande surpresa era a AlphaTauri, com Yuki Tsunoda aparecendo bem demais na segunda posição e Pierre Gasly em quarto.

Ainda houve tempo para mais uma tentativa de volta rápida. Mazepin rodou de novo, desta vez no fim da reta dos boxes, prejudicou alguns pilotos, e foi o último colocado na classificação. Mick Schumacher também foi eliminado, assim como Esteban Ocon, em performance bem abaixo do esperado com a Alpine, e Nicholas Latifi, em resultado já esperado com a Williams. Mas a grande decepção do Q1 foi a eliminação de Sebastian Vettel na sua primeira classificação com a Aston Martin. O tetracampeão vai largar atrás até mesmo da Williams de Latifi.

No fim do Q1, Carlos Sainz, que por muito pouco não foi eliminado, enfrentou problemas no motor e ficou lento na pista. Uma grande preocupação para a Ferrari depois de ver Charles Leclerc subir para P4 na bandeira quadriculada. Mas o espanhol conseguiu voltar à pista para o Q2.

Q2: Pérez engrossa lista de eliminados; Alonso vai ao Q3 na volta à F1

A maior parte dos pilotos saiu dos boxes usando pneus médios, já com as equipes tendo em mente a estratégia para a corrida no domingo.

O primeiro a abrir volta rápida no Q2 foi Bottas, que virou 1min30s559, mas o tempo do nórdico logo foi batido por Verstappen e, em seguida por Hamilton, que anotou 1min30s085. Pérez registrou 1min30s750, mas o mexicano perdeu a marca depois de exceder os limites de pista da curva 4. Ricciardo também teve deletada sua volta.

Pérez arriscou uma nova tentativa de volta rápida com os pneus médios e estava em P15 e último no Q2, portanto, com grande risco de ser eliminado. Mas ‘Checo’ conseguiu marcar o quinto tempo, 0s574 atrás de Hamilton. Só que nada estava definido.

Alonso fez grande volta e foi ao Q3 no seu retorno à F1 (Foto: Alpine)

Muitos pilotos melhoraram consideravelmente seus respectivos tempos antes da bandeirada. A Ferrari fez uma surpreendente dobradinha com Sainz em primeiro, com 1min30s009, 0s001 mais rápido que Leclerc, os dois usando pneus médios. Hamilton ficou em terceiro, e Norris passou para quarto. Bottas passou para o Q3 em quinto, seguido por Ricciardo. Verstappen abortou sua volta lançada porque já estava garantido na fase final, em sétimo. Gasly se garantiu no Q3 em oitavo, à frente de Fernando Alonso, que volta à F1 em grande forma e passando para a fase final da sessão, e Lance Stroll completando a lista do top-10 da classificação no Bahrein.

Com uma estratégia que não deu certo, com a Red Bull optando por sair de médios para a tentativa final, Pérez, de quase garantido no Q3, foi o primeiro eliminado ao ficar 0s035 atrás de Stroll. ‘Checo’ caiu com Antonio Giovinazzi, Kimi Räikkönen e George Russell, enquanto Yuki Tsunoda, de sensação no Q1, se despediu da sua primeira classificação.

Q3: Batalha de gigantes pela primeira pole do ano na F1

A hora da verdade no Bahrein chegou com toda a pinta de Verstappen como dono da pole-position. Logo de cara, Gasly fez excelente volta e passou em 1min30s014. Mas o francês foi batido em seguida por Hamilton com 1min29s549.

Só que o heptacampeão não teve mais do que meros segundos para se ver como P1. Verstappen deu outro espetáculo ao fazer sua volta em 1min29s529 para ficar muito perto da pole, enquanto Bottas aparecia apenas em quarto, atrás da AlphaTauri de Gasly.

Os dez pilotos aceleraram em Sakhir quando restavam menos de 2 minutos para o fim da classificação e formaram um intenso tráfego no circuito. O primeiro a abrir volta rápida foi Bottas, que melhorou seu tempo, mas não o bastante para ameaçar a pole.

Hamilton virou 1min29s385, mas Verstappen foi ainda melhor, com 1min28s997, uma volta perfeita nos três setores da pista, e confirmou uma pole-position incrível no Bahrein, superando em 0s388 o heptacampeão mundial. Um grande feito em um grande sábado para a F1.

F1 2021, GP do Bahrein, Sakhir, Grid de Largada:

1M VERSTAPPENRed Bull Honda 1:28.997 
2L HAMILTONMercedes 1:29.385+0.388
3V BOTTASMercedes 1:29.586+0.589
4C LECLERCFerrari 1:29.678+0.681
5P GASLYAlphaTauri Honda 1:29.809+0.812
6D RICCIARDOMcLaren Mercedes 1:29.927+0.930
7L NORRISMcLaren Mercedes 1:29.974+0.977
8C SAINZFerrari 1:30.215+1.218
9F ALONSOAlpine 1:30.249+1.252
10L STROLLAston Martin Mercedes 1:30.601+1.604
11S PÉREZRed Bull Honda 1:30.659+1.662
12A GIOVINAZZIAlfa Romeo Ferrari 1:30.708+1.711
13Y TSUNODAAlphaTauri Honda 1:31.203+2.206
14K RÄIKKÖNENAlfa Romeo Ferrari 1:31.238+2.241
15G RUSSELLWilliams Mercedes 1:33.430+4.433
16E OCONAlpine 1:31.724+2.727
17N LATIFIWilliams Mercedes 1:31.936+2.939
18S VETTELAston Martin Mercedes 1:32.056+3.059
19M SCHUMACHERHaas Ferrari 1:32.449+3.452
20N MAZEPINHaas Ferrari 1:33.273+4.276
  Tempo 107% 1:35.227+6.230

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube