McLaren diz que deixou Norris na pista em safety-car porque “estava monitorando chuva”

Andrea Stella, chefe da McLaren, explicou que a equipe não chamou Lando Norris para a troca dos pneus quando o safety-car foi acionado por que queria evitar uma parada “desnecessária”

Lando Norris passou perto de voltar a vencer na Fórmula 1 no GP do Canadá, que foi realizado no último domingo (9), mas viu suas chances irem para o ralo após um erro de estratégia por parte da McLaren durante o período de safety-car. Andrea Stella, chefe da equipe, explicou que a falha aconteceu porque o time ainda estava monitorando a situação da chuva e não queria fazer uma parada “desnecessária” com seu piloto.

Norris liderava o GP do Canadá com 7s8 de vantagem sobre Max Verstappen quando Logan Sargeant bateu sozinho e causou a bandeira amarela. A direção de provas se viu obrigada a acionar o safety-car e a Red Bull e a Mercedes chamaram seus pilotos para calçar um novo jogo de pneus intermediários.

Em um primeiro momento, acreditava-se que o safety-car havia sido acionado após Norris passar dos boxes e, por isso, o #4 teria seguido na pista. No entanto, não foi isso o que aconteceu. De acordo com o chefe da McLaren, havia tempo hábil para trocar os pneus do britânico, mas a equipe queria evitar uma parada desnecessária.

“Parece que Lando [Norris] estava a 1s5 do pit, considerando o ponto em que você precisa seguir em frente ou virar para completar a volta. Poderíamos ter dito a ele ‘em caso de safety-car, venha para os boxes’, então ele reagiria à chamada de forma instintiva. Mas estávamos monitorando a intensidade da chuva. E essa intensidade nos últimos minutos foi diminuindo”, explicou o chefe da McLaren.

Lando Norris ficou com o segundo lugar no GP do Canadá (Foto: McLaren)

“Portanto, não queríamos parar desnecessariamente para colocar um novo jogo de pneus intermediários, quando o que já estávamos utilizando seria bom o suficiente no caso de uma chuva muito leve. Acho que foi muito mais fácil para o carro que estava atrás fazer o oposto do que fizemos com o Lando. Tivemos um pouco de azar, não apenas com o momento em que o safety-car foi acionado e a posição de Lando na pista”, finalizou Stella.

Fórmula 1 volta entre os dias 21 e 23 de junho, em Barcelona, com o GP da Espanha, décima etapa da temporada 2024.

:seta_para_frente: Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
:seta_para_frente: Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.