McLaren diz que F1 não pode desperdiçar testes do coronavírus para acelerar retorno

Andreas Seidl acredita que a temporada 2020 só precisa começar quando a pandemia do coronavírus for controlada, e que a categoria não deve tomar testes das pessoas mais necessitadas na atual situação

Chefe de equipe da McLaren, Andreas Seidl não é a favor de uma medida considerada pela F1 para acelerar o início da temporada. A imposição de um rigoroso regime de testes do coronavírus é estudada, mas não é bem vista aos olhos do alemão.
 
Na visão de Seidl, a F1 precisa ser cautelosa em relação aos esforços para iniciar a temporada, especialmente para entender a situação da pandemia que registra mais de 2 milhões de casos e 139 mil mortes no mundo.
 
"O que eu acho importante é a aceitação de que eventos públicos aconteçam novamente. Acho importante ter corridas apenas quando tivermos certeza que temos proteção e um número de testes seguro para todas as pessoas", disse o chefe de equipe ao site ‘Motorsport.com’.
Carlos Sainz (Foto: Pirelli)
Para Seidl, é importante que a F1 não atrapalhe o diagnóstico de pessoas que realmente precisam apenas para iniciar a temporada. Ou seja, sem desperdício de testes.
 
"Eles estão disponíveis para pessoas que precisam. Não para utilizarmos esses materiais apenas para voltar a correr. Existe um grande desejo do público, especialmente em quarentena, que os eventos aconteçam novamente, mesmo na TV, mas temos muitos aspectos a serem considerados", completou.
 
A McLaren se tornou notória no combate ao coronavírus por se retirar do GP da Austrália quando um funcionário foi infectado. Posteriormente, a etapa acabou cancelada, assim como as oito seguintes do campeonato, que agora está marcado para começar na França, em junho.
 

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

assine agora