McLaren revela que problemas elétricos no MP4-29 provocaram ausência no 1º dia de testes em Jerez

A McLaren emitiu uma nota explicando o motivo da ausência da equipe no primeiro dia de testes em Jerez de la Frontera. Com problemas elétricos, o MP4-29 não foi à pista com Jenson Button

 

Ausência no primeiro dia de testes em Jerez, a McLaren divulgou um comunicado nesta terça-feira (28) explicando os motivos. O MP4-29, carro da equipe britânica para 2014, enfrentou diversos problemas elétricos e não tinha condições de ser pilotado por Jenson Button. Em nota, a McLaren tentou amenizar o contratempo, lembrando que outras equipes também tiveram dificuldades, e que o MP4-29 havia passado nos testes feitos ainda na sede da equipe.  
 
“Assim como os outros times, nós encontramos algumas dificuldades com o nosso novo carro para este primeiro dia dos testes de inverno. Apesar do sucesso nos testes realizados na sede, durante a semana passada, o carro hoje esteve seriamente afetado por problemas elétricos”, dizia o comunicado.

O MP4-29 teve problemas elétricos e não participou da primeira sessão de testes (Foto: McLaren)

 A McLaren explicou o processo de recuperação do carro e terminou afirmando a expectativa de ver Button testando na próxima manhã.
 
“Tivemos de fazer uma desmontagem, seguida de uma inspeção e a reinstalação de algumas peças. Não estávamos aptos para correr hoje. Vamos preparar tudo durante o dia todo e esperamos que Jenson Button possa iniciar os trabalhos de instalação amanhã”, conclui o time britânico.
 
Além da McLaren, a Marussia também espera poder testar em Jerez o mais breve possível. Oito equipes já viram seus carros na pista e a Lotus é a única que nem viajou para as terras espanholas.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube