Mercedes nega problema de embreagem e entende que “simplesmente faltou aderência” na largada de Bottas

O diretor-esportivo da Mercedes, Ron Meadows, e o diretor de engenharia, Andrew Shovlin, revelaram que as avaliações iniciais da equipe alemã concluíram que não houve problema de embreagem no carro de Valtteri Bottas na largada do GP da Espanha. O piloto do #77 chegou a reclamar, mas a equipe acredita que a única coisa que aconteceu foi a falta de aderência com a qual os pole-positions estão sofrendo

Apesar de Valtteri Bottas ter culpado um problema na embreagem pela largada ruim no GP da Espanha, a Mercedes">Mercedes foi de encontro ao que afirmou o finlandês e divulgou que as investigações iniciais apontam que não houve qualquer dificuldade nesse sentido. Os engenheiros acreditam que aconteceu apenas um problema de aderência. 

 
Bottas largou mal em Barcelona. Da primeira colocação caiu para o quarto lugar e quase viu a corrida ser bastante comprometida, mas rapidamente recuperou duas posições e seguiu no segundo posto até o final, enquanto Lewis Hamilton partiu para a vitória.
 
O diretor-esportivo da Mercedes, Ron Meadows, foi quem fez o comentário no vídeo que costuma divulgar após cada corrida. O problema em que ele aposta é na situação complicada que os poles estão tendo.
Lewis Hamilton e Valtteri Bottas (Foto: Mercedes)

"Acreditamos que simplesmente houve a falta de aderência na área do pole. Quando observamos as largadas dos outros pilotos, a maioria das vezes o segundo, o terceiro e o quarto saem melhor que o líder", afirmou.

 
"Também patinam as rodas", completou o diretor de engenharia Andrew Shovlin. "Vamos reunir todas as informações e revisar esta semana para entender, mas neste momento acreditamos que o problema principal foi, na realidade, a aderência e que não houve problema com o carro", comentou. 
 
O resultado fez com que Hamilton recuperasse a liderança do Mundial das mãos de Bottas: os dois estão separados por sete pontos.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar