Mercedes rebate Red Bull sobre “marcas” em asa do W12: “A FIA pode olhar o quanto quiser”

Christian Horner tentou apontar irregularidades na asa traseira da Mercedes com "marcas". Andrew Shovlin, chefe de engenharia da equipe alemã, respondeu

F1 NO CATAR: VERSTAPPEN SEM PUNIÇÃO, BOTTAS LÍDER DOS TREINOS | Briefing

O clima tenso entre Red Bull e Mercedes seguiu na coletiva de imprensa dos chefes de equipe, realizada nesta sexta-feira (19), no Catar. Christian Horner, líder do time austríaco, seguiu reclamando da asa traseira da rival, que rendeu diversas discussões após uma irregularidade no DRS ser identificada após a classificação de sexta-feira no GP de São Paulo, forçando o heptacampeão mundial Lewis Hamilton a largar do fim do grid na corrida sprint.

Preparado para protestar novamente contra a Mercedes, Horner, que esteve ao lado de Toto Wolff, chefe dos alemães, na coletiva, citou possíveis marcas em um dos flats da asa traseira do carro.

“Qusndo você tem uma diferença de 27 km/h e vê ‘marcas’ na asa traseira pelo tanto que elas flexionam, é bem claro para nós o que está acontecendo”, declarou Christian.

Andrew Shovlin, chefe de engenharia da Mercedes, rebateu as críticas de Horner e apontou que não existem anormalidades com a asa traseira dos carros de Lewis Hamilton e Valtteri Bottas.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Lewis Hamilton com a Mercedes no Catar (Foto: Andrej Isakovic/AFP)

“Olhamos e não há marcas, então não temos certeza do que é. Mas parece que é uma história que não vai embora. Do nosso ponto de vista, estamos absolutamente felizes com o que temos no carro”, comentou em entrevista à emissora inglesa Sky Sports.

“Convidamos a FIA a olhar o tanto que eles quiserem, e eles não enxergam nenhum problema com o que temos. Nós vamos a todos os circuitos, olhamos qual asa é a mais rápida e essa que instalamos no carro. E é isso que vamos seguir fazendo”, completou.

Fórmula 1 acelera neste fim de semana com o debutante GP do Catar, que será disputado no circuito de Losail. O treino livre 3 está marcado para 8h (de Brasília, GMT-3) deste sábado, e a classificação está marcada para 11h, sempre com transmissão ao vivo do canal por assinatura BandSports e do serviço de streaming F1 TV Pro. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades de pista AO VIVO e em TEMPO REAL.

Max Verstappen também apresentou problemas na asa móvel do carro no Catar (Vídeo: Reprodução)
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar