F1

Mercedes revela falhas que levaram a 'cirurgia no coração' e pede controle

Mesmo com oito vitórias em oito corridas disputadas, Toto Wolff não esconde a preocupação com a confiabilidade. Chefe de equipe utilizou o GP da Áustria de 2018, última prova com abandono duplo do time, como exemplo de mudanças repentinas no panorama de uma corrida

Grande Prêmio / Redação GP, de Campinas
A Mercedes faz um campeonato avassalador até aqui na Fórmula 1, somando oito vitórias em oito corridas, a mais recente delas no GP da França, disputado no último fim de semana, mas a equipe não esconde a preocupação com a confiabilidade.
 
A próxima etapa da temporada acontece no Red Bull Ring, na Áustria, prova que registrou o último abandono duplo do time alemão. A equipe fechou a primeira fila na prova de 2018, mas viu Valtteri Bottas com problemas de câmbio e Lewis Hamilton com falhas na bomba de combustível. Toto Wolff lembrou que a corrida é um sinal de como as coisas podem mudar no esporte.
 
"Nosso resultado na Áustria foi o ponto baixo de 2018. Um abandono duplo depois de fazer a primeira fila significou muitos pontos perdidos. Aquela corrida é um aviso do quão rápido as coisas podem mudar no nosso esporte, e que confiabilidade e desempenho andam de mãos dadas na Fórmula 1", disse em entrevista ao site oficial da categoria.
Lewis Hamilton (Foto: Mercedes)
Apesar do desempenho quase perfeito até aqui, Wolff lembrou dos problemas que Hamilton enfrentou no Canadá, precisando de uma nova checagem antes da corrida, e na França, quando o time precisou retirar o motor do carro antes da classificação e entender o que estava acontecendo.
 
"Neste ano, nossos resultados foram bons, mas seria inocência ignorar o fato de que por duas corridas seguidas, nossos mecânicos tiveram que fazer o equivalente a uma cirurgia de coração em nossos carros. Enfrentamos diferentes problemas nos nossos componentes, que poderiam causar abandonos. Temos que controlar isso o mais rápido possível", completou.
 

 
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.