Mercedes revela problemas com motores, mas garante “tudo pronto para primeira corrida”

Marcando presença em 40% do grid de 2021, a montadora alemã não mostrou muita preocupação com os problemas e se queixou da mudança do regulamento para esta temporada

A Mercedes já tem encarado alguns problemas sem sequer a temporada 2021 ter começado. Hywel Thomas, chefe de motores da equipe, reconheceu que o time encontrou alguns percalços com as unidades de potência, mas já está trabalhando para resolver tudo.

A montadora alemã conquistou os sete títulos desde a mudança para os propulsores híbridos turbo em 2014, buscando em 2021 o oitavo consecutivo. Neste ano, ainda vai estar presente em 40% do grid da Fórmula 1, pois além de usar os motores nos próprios carros, fornece também à Aston Martin, Williams e retoma a parceria com a McLaren.

“Em termos de prontidão, temos muitos motores construídos no momento esperando pela nova temporada. Já juntamos alguns e também temos motores nos dinamômetros em testes de durabilidade. Há também aqueles que já estão com nossos clientes, nos chassis e ligados, ou no processo para isso”, explicou Thomas.

“Temos alguns problemas com as unidades de potência. Sabemos da existência desses problemas, mas temos muitos planos para resolvê-los. Tenho certeza de que tudo estará pronto para a primeira corrida”, completou o chefe.

Hamilton
A Mercedes revelou problemas com motores, mas não mostrou muita preocupaçaõ (Foto: AFP)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Hywel explicou ainda que as mudanças no regulamento dos motores fazem com que a Mercedes mudasse sua abordagem ao longo da pré-temporada. “É o primeiro inverno em que preparamos apenas uma atualização para toda a temporada, limitando nosso tempo com o dinamômetro. Significa que temos de fazer valer cada teste”, pontuou.

“Temos de ter todo nosso desempenho na primeira unidade de motor que vai para a primeira corrida, enquanto nos demais campeonatos pudemos dividir isso em diferentes pacotes para cada diferente propulsor que era introduzido”, continuou.

“Com esse desafio, temos de ter absolutamente tudo para a primeira corrida e ter certeza absoluta de que é confiável. Ainda, há mais corridas neste ano e o mesmo número de motores, o que significa que cada unidade terá de enfrentar mais etapas”, ressaltou.

“Apenas temos de ter certeza de que estamos prontos para isso e focar em ainda mais confiabilidade. Também temos o desafio de um inverno bastante curto, já que não terminamos a temporada antes da metade de dezembro e estamos já quase começando. Então, tivemos mais a fazer em menos tempo”, concluiu.

A Mercedes divulgou 3 de março como data do lançamento para o carro de 2021.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube