Mercedes usa cinco fichas de desenvolvimento do motor em Spa. Times clientes só recebem novidade na Itália

A Mercedes não quer mesmo largar o osso na F1. A fábrica alemã usou cinco de suas 11 fichas de desenvolvimento restante para a temporada 2016 antes do GP da Bélgica

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A Honda já tinha anunciado que usaria algumas de suas fichas de desenvolvimento restantes para o GP da Bélgica deste final de semana, mas quem também decidiu se valer de algumas melhoras em Spa-Francorchamps foi a Mercedes. A fábrica alemã utilizou cinco fichas para o retorno da temporada.

 
Sendo assim, a Mercedes fica apenas com seis tokens restantes dos 32 permitidos para utilizar no resto da temporada. A equipe não informou em quais partes de sua unidade de força distribuiu as fichas.
 
Para o GP belga, apenas Nico Rosberg e Lewis Hamilton estão com a atualização. Os dois testam a mudança que, para suas equipes clientes – Williams, Force India e Manor – estará disponível apenas no GP da Itália, em Monza.
Lewis Hamilton (Foto: Getty Images)
Das quatro fornecedoras de motor da F1, a Mercedes já usou 26 fichas, Honda e Ferrari utilizaram 23 e a Renault fez uso de apenas 11 até aqui.
 
Especialmente para Lewis Hamilton, é fundamental que as fichas façam grande diferença. As trocas na unidade de força do líder do campeonato mundial fizeram com que ele perdesse 30 posições no grid de largada em Spa.
 
PADDOCK GP #43 DEBATE INDY E MOTOGP E FAZ PRÉVIA DA F1

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube