Miami aprova novo plano e fica perto de receber Mundial de Fórmula 1 a partir de 2022

O governo de Miami Gardens aprovou a resolução que permite que a cidade receba uma etapa da Fórmula 1 a partir da próxima temporada. O documento faz as ressalvas para os horários do início dos eventos de pista, trazendo à tona a preocupação da população com o barulho gerado pelos carros da categoria

Hamilton vence na estratégia e pega Verstappen: assista como foi o GP do Bahrein (Vídeo: GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Ao que tudo indica, um velho sonho da Fórmula 1 e do Liberty Media está perto de virar realidade. Na reunião com o prefeito e membros do conselho da cidade (o equivalente aos vereadores no Brasil) de Miami Gardens, realizada na última quarta-feira (14), foi aprovada uma resolução que permite que a localidade receba uma etapa do Mundial de F1 a partir da próxima temporada. Miami chegou a ser anunciada como sede de uma das provas do calendário do ano passado, mas a iniciativa foi barrada após uma ação judicial dos moradores, preocupados principalmente com o barulho dos carros na pista.

As autoridades chegaram a um consenso sobre as propostas para a realização de um GP de Fórmula 1 no circuito traçado ao redor do Hard Rock Stadium. O chamado ‘Memorando de Entendimento’ traz as determinações que Liberty Media e o proprietário do empreendimento, Stephen Ross, devem seguir para que o evento seja, enfim, realizado em Miami Gardens.

Miami costura acordo local para receber a F1 a partir da próxima temporada (Foto: Divulgação)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Além de restrições sobre o circuito, sendo vetado o uso de vias como a Northwest 199th Street (199ª Rua Noroeste) ou a Northwest 27th Avenue (27ª Avenida Noroeste), a resolução compreende também a determinação dos horários das atividades de pista no novo circuito urbano de Miami Gardens.

Diz o documento que “nenhuma corrida” deve começar antes de 14h30 locais (15h30 de Brasília) ou depois do pôr-do-sol na cidade em qualquer dia. As restrições quanto ao horário têm relação com o período de aula nas escolas das cercanias do circuito.

O promotor do evento fica encarregado de garantir que barreiras de mitigação de ruído sejam erguidas do lado norte de qualquer setor da pista adjacente ao Canal Snake Creek — que conecta Miami Gardens a Miami Beach.

O memorando também compreende outros compromissos para os promotores da corrida: um fundo de US$ 5 milhões para programa de benefícios comunitários a serem administrados pela cidade, quantia que deverá ser paga ao longo do período dos dez anos, tempo de contrato estipulado entre Miami Gardens e o Liberty Media, além também de ingressos com desconto para moradores locais e que restaurantes da cidade ofereçam serviços ao público sem o pagamento de taxa.

Recentemente, Stefano Domenicali, o presidente e CEO da Fórmula 1, deixou claro que não vislumbra um calendário além de 23 GPs como possível para a categoria nos próximos anos. Miami chegou a anunciar que estaria no cronograma da temporada passada, mas o desacordo entre as autoridades locais e a população impediram que a cidade recebesse a F1 ao menos em 2021.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube