Mick Schumacher acelera Ferrari do hepta do pai em Mugello: “Uma honra”

Como parte das comemorações da corrida 1000 da Ferrari, Mick Schumacher guiou o F2004, carro que o pai Michael conquistou o sétimo título, em Mugello

Antes do GP da Toscana, a Fórmula 1 voltou no tempo e homenageou a Ferrari, que faz a 1000ª corrida neste fim de semana. Em Mugello, Mick Schumacher acelerou com o carro responsável pelo último título mundial do pai, Michael Schumacher.

Mick acelerou com o carro e fez os espectadores sentirem saudade dos barulhentos motores V10. O líder da Fórmula 2 em 2020 ainda mostrou-se emocionado com a possibilidade de correr mais uma vez com ocarro do pai — em 2019, na Alemanha, ele fez uma breve exibição.

“Sempre foi um sonho pilotar esse carro. Andrei com ele em Hockenheim no ano passado, mas dirigir em Mugello, sem chuva, é uma honra. Queria agradecer a Ferrari por essa oportunidade”, afirmou.

Mick Schumacher acelera o carro do heptacampeonato do pai em Mugello (Foto: Reprodução/F1)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

A F2004 foi um dos carros mais vencedores da F1. Ao todo, naquela temporada de 2004, Schumacher alcançou nada menos que 13 vitórias e oito poles. A performance o levou a garantir o heptacampeonato de forma antecipada no GP da Bélgica, o 14º de 18 GPs do campeonato.

Mick Schumacher já teve a chance de pilotar carros de gerações distintas da F1. Em 2017, pilotou, em Spa-Francorchamps, o Benetton B194 com o qual o pai conquistou seu primeiro título. Atualmente, ele lidera o campeonato a tabela de pontos da F2.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube