Montezemolo dá a entender que Ferrari já foca trabalho no carro de 2015: “O que fizemos neste ano não foi o suficiente”

Presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo deu a entender que a equipe italiana já trabalha com maior atenção ao projeto de 2015. "Estamos trabalhando muito para o futuro, porque sabemos agora que o que foi feito para esse ano não foi o suficiente", disse

Depois de um início de temporada difícil, em que não se mostrou capaz de se colocar na luta por vitórias, a Ferrari já vira sua atenção para 2015, segundo deu a entender Luca di Montezemolo, o presidente da fabricante italiana.

A equipe vermelha não soube tirar o proveito que planejava com a adoção do novo regulamento, especialmente no que diz respeito aos motores V6, e agora ocupa um distante terceiro lugar na tabela de classificação entre os construtores. Fernando Alonso aparece em quarto no Mundial de Pilotos, mas a 71 pontos do líder Nico Rosberg. Kimi Räikkönen é apenas o 12º.

Luca di Montezemolo já fala em focar trabalho para o próximo ano (Foto: Getty Images)

Na tentativa de se aproximar de Mercedes e Red Bull, a esquadra de Maranello levou para o GP do Canadá, disputado no último fim de semana, uma quase versão B da F14T. Ainda assim, o time lutou para enfrentar, além da líder alemã, a equipe austríaca e a Williams.

"Eu acho que não podemos fazer milagres agora em tão pouco tempo", disse Montezemolo ao diário 'Tuttosport'. "Mas estamos trabalhando muito para o futuro, porque sabemos agora que o que foi feito para esse ano não foi o suficiente", completou o dirigente.

"Há pouco o que dizer neste momento, mas muito o que fazer. De qualquer forma, precisamos melhorar muito ainda neste ano. E estamos perseguindo esse objetivo com determinação", acrescentou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube