Acordo “desgraçado” FIA-Ferrari envolve Leclerc e família Todt, diz jornalista

Muitas confusões atrapalharam a Ferrari nos últimos anos e deixaram a equipe afundada em mais uma crise na sua história recente na Fórmula 1

No Cadeira Cativa #14, Cesare Maria Mannucci comentou as recentes polêmicas e crises da Fórmula 1 nos últimos meses, com um motor banido pela FIA, o acordo com a entidade máxima do automobilismo e também a renovação do contrato de Charles Leclerc até 2024.

O jornalista italiano indicou que, como gancho deste acordo, a saída de Sebastian Vettel da equipe acabou sendo inevitável.

“É mais uma concessão feita para a família Todt”, sentenciou Mannucci, também dizendo que Daniel Ricciardo jamais seria considerado nesta situação porque “Leclerc não queria ninguém que o atrapalhasse”.

O Cadeira Cativa é o programa do GRANDE PRÊMIO que recebe jornalistas e personalidades marcantes da cobertura de esporte a motor do Brasil.

Assista ao trecho completo abaixo:

Já imaginou se as equipes de Fórmula 1 fossem times de futebol? Pois bem, Vinicius Alves, com a conta @cecvini no Twitter, decidiu exercitar a criatividade e fez o design de dez camisas com as pinturas atuais do grid. Quer ver como ficaram os uniformes da Mercedes preta, a Racing Point ‘Mercedes Rosa’, a Ferrari, McLaren e todas as outras? CLIQUE NA FOTO ou AQUI.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube