“Não foi a última vez”: Ferrari crê em novas confusões entre Leclerc e Vettel

Mattia Binotto elogiou bastante Charles Leclerc e Sebastian Vettel e garantiu que ter de lidar com os dois é um privilégio. No entanto, admitiu que não acha que os problemas internos acabaram em Sóchi

A Ferrari teve momentos de forte tensão interna durante o GP da Rússia de F1. Ordens de equipe desde a largada, Sebastian Vettel sem querer devolver posição e Charles Leclerc reclamando muito no rádio deram o tom de uma rivalidade que está cada vez maior. Mas nada disso preocupa muito Mattia Binotto, chefe da equipe, que acredita que lidar com uma situação assim é um privilégio.
 
Na coletiva dos chefes de equipe em Suzuka, o dirigente garantiu que teve um papo com ambos na fábrica da Ferrari, mas que não foi nada inédito. Ainda, garantiu que nem achou o entrevero em Sóchi grave, mas importante para a maturidade do time.
 
"Não foi a primeira vez que conversamos em Maranello, mas, sim, encontrei ambos por lá, tiveram atividades como simulador e etc. Acho que tivemos discussões transparentes, honestas, justas com os dois, individualmente. Não acho que o que aconteceu em Sóchi foi algo péssimo, mas algo que deve ser melhorado e acho que foi uma oportunidade de aprendermos uma lição e tentarmos melhorar futuramente", disse.
Mattia Binotto minimizou o duelo Leclerc x Vettel (Foto: Ferrari)

O italiano ainda admitiu que acredita em mais momentos de tensão na dupla e entende isso de forma natural, por se tratar de dois pilotos com sede de vitórias e muito talento.

 
"Agora, se estou confiante de que isso nunca mais vai acontecer, não estou, certamente. Acho que os dois são ótimos pilotos e eles vão com tudo atrás dos objetivos pessoais deles, que são, obviamente, vitórias. Acho que o mais importante é que a gente deixe tudo às claras entre nós, isso que é fundamental", seguiu.
 
Questionado sobre o aprendizado tirado do enrosco na Rússia, Binotto fugiu um pouco do tema e preferiu valorizar a qualidade dos dois pilotos.
 
"Acho que ambos estão muito bem, é um luxo para um chefe de equipe estar em uma situação assim. Estou bem satisfeito com a performance de corrida do Sebastian, assim como a do Charles desde o começo da temporada e o progresso dele. Sei que temos uma dupla bem competitiva, mas não acho que aprendi isso, não é uma surpresa, é algo simplesmente que nos faz felizes", comentou.
 

 
Paddockast #37
GRANDES RIVALIDADES INTERNAS 

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube