Nasr ganha elogios no primeiro dia de trabalho na Williams: “Não poderíamos pedir mais”

Engenheiro-chefe de testes, Rod Nelson aprovou a participação de Felipe Nasr nos treinos deste sábado no Circuito Internacional de Sakhir


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

87 voltas e o quarto melhor tempo do dia: foi assim que Felipe Nasr estreou como piloto de F1 na Williams, neste sábado (22), em Sakhir. Novo reserva do time inglês, o brasileiro ganhou a oportunidade de fazer seu primeiro treino, saiu-se bem e ganhou elogios do engenheiro-chefe Rod Nelson.

O melhor tempo de Nasr foi registrado no período da tarde, 1min37s569. Na comparação com os colegas Felipe Massa e Valtteri Bottas, foi 0s5 e 0s2 mais lento, respectivamente, mas o grande ponto positivo do dia foi a enorme quilometragem adquirida. Não fossem as bandeiras vermelhas agitadas ao longo da sessão, a Williams teria a chance de cumprir todo o seu programa e superar a casa das 100 voltas pelo terceiro dia seguido.

Nelson, satisfeito, disse que Nasr “dá um bom feedback, trabalha bem com os engenheiros e também é rápido”. “Não poderíamos pedir mais”, definiu o britânico.


Felipe Nasr foi o homem da Williams neste sábado no Bahrein (Foto: Getty Images)


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});



“Eu estou muito feliz por ter pilotado um carro de F1 pela primeira vez, e chegar 87 voltas tornou o dia bastante produtivo”, falou o piloto de 21 anos, que vem de duas temporadas na GP2.

“Havia muitas coisas passando pela minha cabeça antes de sentar no carro. Porém, era o que eu estava esperando: um carro muito diferente de qualquer outro que já pilotei, com a quantidade de pressão aerodinâmica, a eficiência dos freios e a força”, continuou.

Nasr afirmou que o sábado marcou um “processo de aprendizado”, mas, ao mesmo tempo, ele teve de contribuir para as informações que o time está coletando para desenvolver o FW36. “Acho que encontramos coisas boas”, destacou.

O contrato de Nasr com a Williams prevê a participação em cinco sessões de treinos livres às sextas-feiras e mais dois dias no carro em testes. Ainda não se sabe qual será a próxima oportunidade que o brasileiro terá para entrar no carro.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube