No Canadá, Domenicali relembra família Villeneuve: "Gilles foi capaz de inspirar todos que seguiam F1"

Chefe da Ferrari recordou bons momentos de Gilles Villeneuve, canadense morto em 1982 e que dá nome ao circuito que recebe o GP do Canadá. O italiano também falou de Jacques, campeão mundial de 1997: "Lembro dele como o homem que bateu Schumacher"

 
O retorno de Stefano Domenicali ao Canadá trouxe velhas lembranças ao italiano. Ao desembarcar no circuito Gilles Villeneuve, palco da sétima etapa da temporada 2013 da F1, o chefe da Ferrari relembrou do piloto que dá nome ao circuito.
 
Considerado uma das maiores lendas de todos os tempos, Gilles fez 66 de suas 67 provas pela escuderia vermelha. Foram seis vitórias e um vice-campeonato, em 1979. 
 
Um dos maiores símbolos da Ferrari e da F1 em si, no entanto, o canadense perdeu a vida após acidente na sessão classificatória para o GP da Bélgica de 1982, em Zolder.
Gilles Villeneuve, uma das maiores lendas da história da F1 (Foto: Getty Images)
"Quando pequeno, eu era parte dessa multidão que ia ao circuito de Ímola, um circuito que contribuiu para escrever a história da F1", recordou o nostálgico Domenicali. "Um pouco mais adulto, consegui trabalho para ajudar na organização da prova."
 
"Lembro de Gilles como um grande piloto, uma grande personalidade e um homem apaixonado que sempre foi capaz de inspirar e entusiasmar não apenas os torcedores da Ferrari, mas sim a todos os que seguiam a F1 nessa época."
 
Em seguida, Domenicali relembrou outro ídolo canadense, Jacques Villeneuve, filho de Gilles. No entanto, ao contrário do pai, o ex-piloto de Williams, BAR, Sauber e BMW se tornou uma espécie de 'anti-Ferrari' por conta da decisão do título mundial de 1997.
 
Na ocasião, Michael Schumacher, já no time de Maranello, precisava vencer para ser tricampeão, mas jogou seu carro sobre a Williams de Jacques ao sofrer tentativa de ultrapassagem, e acabou levando a pior: com a suspensão dianteira danificada, abandonou a corrida, perdeu o título para o canadense e ainda levou uma punição que o fez perder todos os pontos conquistados naquela temporada.
 
"Lembro de Jacques como o homem que bateu Schumacher em Jerez [de la Frontera, na Espanha], levando seu título mundial em 1997", contou Domenicali. 
Jacques Villeneuve e Michael Schumacher em Jerez (Foto: Michael Cooper/Getty Images)
"Acredito que naqueles anos, ele quis dar a impressão de ser alguém que não era, devido ao peso que tinha que suportar sobre seus ombros por ser filho de quem era. Mas à medida em que o tempo passou, começou a se dar conta de que era normal, e algo do qual deveria se sentir orgulhoso." 
 
"Quando Jacques pilotou a Ferrari de seu pai, ano passado, o mais emocionante foi ver os mecânicos que trabalharam com ele no carro, que eram os mesmos que trabalhavam com Gilles, além de voltar a ver esse carro andar na pista. Tudo isso nos deu uma ideia de qual era o ambiente deste esporte naqueles tempos."
 
Por fim, Domenicali exaltou o espírito da 'família Ferrari', equipe mais antiga e mais vitoriosa da categoria. "A F1 evoluiu desde o ponto de vista tecnológico aos métodos de trabalho, mas quando se fala de F1, seja dos anos 50 ou de 2013, a única constante é que se segue falando da Ferrari", completou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube