No domingo do GP da Inglaterra de F1, Silverstone tem céu nublado, mas chance mínima de chuva

Três dias de pista seca em Silverstone: isso é algo raro de acontecer em Silverstone, e o mais provável é que se confirme na edição do GP da Inglaterra de 2015. Há apenas 7% de chance de chuva de acordo com o site 'Accuweather'

Pode não fazer o calor que atingiu o resto da Inglaterra durante a semana, mas Silverstone completará neste domingo (5) um raro fim de semana de F1 com a pista seca. A chance de chuva para o GP da Inglaterra, nona etapa da temporada 2015, é mínima.

Para a prova em Silverstone, que começará às 9h (de Brasília) e contará com acompanhamento AO VIVO e em TEMPO REAL do GRANDE PRÊMIO.

Diante de grande torcida, Lewis Hamilton marcou a pole em Silverstone (Foto: Beto Issa)

Havia até uma expectativa por mais calor, o que não vai acontecer. As temperaturas devem permanecer amenas, em torno de 22ºC, e com apenas 7% de chance de chuva. Duas horas antes da largada, o céu tinha bastante nuvens, e a temperatura do asfalto também estava mais baixa do que na sexta-feira.

O GP terá no grid a pole-position de Lewis Hamilton, com Nico Rosberg ao seu lado. As Williams formam a segunda fila e as Ferrari dividem a terceira. Felipe Nasr, com a Sauber, sai apenas na 16ª colocação.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube