Norris desobedece bandeira amarela no TL1 e perde 3 posições no grid do GP da Estíria

O piloto da McLaren ultrapassou Pierre Gasly em período de bandeira amarela durante o TL1, perdendo três posições no grid e ganhando dois pontos na carteira

Mal começou o GP da Estíria e Lando Norris já está um passo atrás. O piloto da McLaren recebeu uma punição de três posições no grid de largada por não respeitar bandeira amarela durante o primeiro treino livre desta sexta-feira (10). O cenário é bastante diferente do pódio que conseguiu na última semana.

Durante a atividade de abertura da segunda etapa da Fórmula 1, Nicholas Latifi teve problema com sua Williams e foi obrigado a parar na área de escape do circuito. Isso fez com que a bandeira amarela fosse acionada durante o ensaio.

O jovem inglês chegou a receber o aviso de ‘bandeira amarela na curva 5’ enquanto se aproximava da curva anterior. Entretanto, acabou ultrapassando e Pierre Gasly em uma zona proibida, resultando na punição.

Lando Norris passa Pierre Gasly com bandeira amarela
Lando Norris passa Pierre Gasly com bandeira amarela e é punido no grid do GP da Estíria (Foto: F1/Reprodução)

Assim que o treino acabou, o piloto foi chamado para a sala dos comissários. O #4 ainda ganhou dois pontos em sua carteira. Esses são os primeiros dois tentos de Lando no período de 12 meses.

“Os fiscais ouviram o piloto do carro #4 [Norris] e um representante do time e reviu evidências em vídeo. Uma câmera onboard mostrou claramente que o piloto passou o carro #10 [Gasly] enquanto a luz do painel indicava claramente bandeira amarela”, informou o comunicado.

Um incidente similar aconteceu durante a classificação Singapura, em 2016. Sergio Pérez recebeu igualmente três posições no grid. Na última semana, Lewis Hamilton também foi punido por não diminuir a velocidade durante bandeira amarela na tomada de tempos para o GP da Áustria.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube