Nürburgring se une a Algarve e Ímola e fica a um passo de entrar no calendário da F1

Informações do site RaceFans apontam para um calendário com mais três GPs europeus. Além dos já esperados Algarve e Ímola, Nürburgring entrou na brincadeira para retornar à F1

A Fórmula 1 faz uma aposta cada vez mais clara em um calendário majoritariamente europeu para a temporada 2020, afetada pelo coronavírus. Além dos já confirmados dez GPs no velho continente, outros três estão a um passo de receber a F1: de acordo com o site RaceFans, a versão atualizada do cronograma da categoria vai incluir passagens por Algarve, Ímola e até Nürburgring.

Algarve e Ímola já eram cogitados e não causam grande surpresa. Nürburgring, por sua vez, é notícia inesperada: o autódromo está fora do calendário da F1 desde 2013 e, com problemas financeiros, nunca teve chance real de retornar. Agora, entretanto, reviravoltas de bastidores colocam o traçado em posição mais privilegiada que Hockenheim.

Sem a F1, Nürburgring passou a ter o DTM como principal evento (Foto: DTM)

Algarve e Ímola, especulados há mais tempo, também são autódromos que surpreendem o fã da F1. O autódromo português nunca recebeu um GP de F1, com o país fora do calendário desde 1996. O italiano, casa tradicional do GP de San Marino, está ausente desde 2006.

Ainda de acordo com o ‘RaceFans’, a trinca de corridas será encaixada após o GP da Rússia, décimo da temporada. A F1, assim, planeja 13 corridas em solo europeu antes de quatro no Oriente Médio – duas no Bahrein, duas em Abu Dhabi –, totalizando 17.

Isso, claro, se a temporada correr sem contratempos. Uma possível situação de risco da F1 já é percebida na Espanha: a região da Catalunha voltou a registrar uma disparada de casos de coronavírus, o que cria riscos na realização de uma corrida em Barcelona. Caso não seja possível ir ao país ibérico, a alternativa é seguir em Silverstone após a rodada dupla e realizar um terceiro GP britânico.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube