Ocon critica Renault e leva puxão de orelha após GP da Itália: “Não fala no rádio”

Esteban Ocon fez questão de dizer à Renault que não estava feliz com o oitavo lugar em Monza. A equipe reagiu pedindo que o piloto não fizesse críticas através do rádio

O GP da Itália levou a um breve bate-boca no rádio de Esteban Ocon. O francês foi oitavo na corrida deste domingo (6) e, sentindo que a Renault não tirou proveito de uma corrida caótica, acabou se desentendendo com a equipe via rádio.

O oitavo lugar não parece ruim para a Renault, mas é pouco para uma corrida que teve vitória de Pierre Gasly, com Carlos Sainz Jr. e Lance Stroll completando pódio. Ocon sabia que dava para ir além e externou irritação.

A interação com o engenheiro de corrida começa positiva: “Trabalho fantástico, cara. Fantástico, P8 largando em P12 não é nada ruim. Daniel foi P6, são pontos importantes para a equipe. Bom trabalho, cara”.

Esteban Ocon teve momento tenso no rádio (Foto: Renault)

Só que Ocon não estava feliz: “Eu discordo. Acho que ficamos devendo por completo nessa corrida. Era uma oportunidade incrível…”.

Tão logo Ocon começou a reclamar, o engenheiro interrompeu: “Não fala no rádio. Vamos falar no escritório depois, obrigado”. O piloto seguiu: “Nós precisamos encarar isso, nós…”.

Só que acabou interrompido novamente. E por outra pessoa: Cyril Abiteboul, chefe de equipe: “Esteban, esse não é o lugar”.

O oitavo lugar deixa Ocon com 30 pontos. O piloto é 12° no Mundial de Pilotos. A Renault, por sua vez, acumula 71 e aparece em quinto no Mundial de Construtores.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube