Ocon rebate Pérez e descarta aumento de pressão na temporada 2018 da F1: “Vou trabalhar do mesmo jeito”

Esteban Ocon foi na contramão de Sergio Pérez e avaliou que não terá mais pressão na temporada 2018. O #31 assegurou que seguirá trabalhando da mesma forma

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Esteban Ocon não está preocupado com o aumento de pressão na temporada 2018 da F1. O piloto de Mônaco rebateu declarações de Sergio Pérez e avaliou que é positivo que as pessoas estejam atentas à sua performance. 
 
Em sua primeira temporada na F1, Ocon fechou o ano com o oitavo posto no Mundial de Pilotos, apenas 13 pontos atrás do experiente companheiro de equipe.
 
Recentemente, Pérez declarou ao site britânico ‘Crash.net’ que Ocon será mais pressionado em 2018, já que estará em seu segundo ano na F1.
Esteban Ocon garantiu que vai trabalhar do mesmo jeito em 2018 (Foto: Force India)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

“Acho que a pressão será em cima dele agora, já que vai ser seu segundo ano. Todo mundo vai esperar grandes coisas dele”, disse o mexicano.
 
Questionado sobre as declarações de Pérez, Ocon rebateu e avaliou que não será mais pressionado, uma vez que considerou como algo positivo o interesse dos fãs.
 
“Me sinto bem se todos estiverem me assistindo por isso, já que as pessoas esperam que eu vá bem, o que é sempre positivo”, disse Ocon. “Não tenho mais pressão. Vou trabalhar do mesmo jeito com o time, com dedicação e treinando do mesmo jeito”, seguiu.
 
“Não vou mudar muito, exceto que sou um piloto diferente agora em comparação com o início do ano. Tenho aprendido muito, o que vai me ajudar no início do ano, como o fato de conhecer as pistas ― Austrália, China, Mônaco ― tudo isso vai e ajudar”, considerou.
 
Com 29 GPs no currículo, Ocon afirmou que aprendeu a importância de trabalhar em todos os detalhes para melhorar sua performance.
 
“Você não pode ignorar os detalhes. Qualquer pequeno problema, você não pode ignorar”, defendeu. “Eles vão voltar maiores, então qualquer detalhe que possa resolver, você tem de resolver”, ponderou.
 
“Foi isso que aprendi este ano e é o que eu coloco na minha performance”, concluiu.
EM BUSCA DO SONHO DA F1

PIETRO FITTIPALDI REVELA QUE NEGOCIOU COM A SAUBER PARA 2018

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube