Ocon se atrapalha com Magnussen e bate no fim do TL3 da F1 em Barcelona

Kevin Magnussen e Esteban Ocon se desentenderam no fim do terceiro treino livre da Fórmula 1. O dinamarquês tirou o pé para abrir caminho, mas fez movimento brusco e surpreendeu o francês, que não prestava atenção. Esteban rodou e bateu

Esteban Ocon arranjou um problemão para a Renault antes do treino classificatório deste sábado (15) em Barcelona. O piloto francês se atrapalhou com Kevin Magnussen, que vinha lento na pista, e acabou rodando e batendo nos minutos finais do terceiro treino livre.

O incidente aconteceu justamente quando os pilotos tentavam encontrar pista livre para uma última volta rápida. Magnussen tirou o pé para Ocon passar, saindo da trajetória normal da pista. O francês, olhando os espelhos retrovisores, não percebeu a tempo a mudança de traçado do dinamarquês, perdendo controle em uma tentativa de evitar o toque.

Esteban Ocon não reagiu a tempo ao movimento de Kevin Magnussen (Foto: Reprodução/TV)

A dianteira da Renault ficou bastante danificada, mas aparentemente não a ponto de colocar em dúvida a presença de Ocon no treino classificatório.

Magnussen não sofreu contato ou danos, mas pode acabar com consequências negativas. O caso foi investigado pela direção de prova. Kevin e Esteban já foram chamados para conversar com os comissários. Entretanto, os dois entenderam que tudo não passou de um incidente infeliz e, desta forma, ninguém foi considerado culpado.

O TL3 teve nova dobradinha da Mercedes. Lewis Hamilton foi o mais rápido, superando Valtteri Bottas e ganhando ar de favoritismo para a pole-position de mais tarde.

O treino classificatório do GP da Espanha de Fórmula 1 está marcado para 10h (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube