Palmer mostra satisfação com papel na Lotus, mas avisa: “Não quero ser um terceiro piloto ano que vem”

Jolyon Palmer diz que está feliz com a quilometragem que consegue acumular até aqui na temporada como terceiro piloto da Lotus, mas continua firme na posição de que quer ser titular em alguma equipe no ano que vem. E melhor se for na própria Lotus

O atual campeão da GP2 segue com o pensamento centrado em ser um piloto titular da F1 em 2016. Jolyon Palmer nunca se conformou muito em ficar sem lugar no grid da F1 enquanto seu vice na GP2 em 2014, Felipe Nasr, conseguiu espaço. Resolveu focar em ser terceiro piloto para aprender – mas continua deixando claro que é apenas para este ano.
 
Palmer está contente com o trabalho. Segundo ele, ser o reserva com mais quilometragem é o que esperava para aprender e se tornar apto a andar na F1 em 2016. Mas onde? Palmer afirma que quer andar na Lotus, mas esse tipo de movimentação ainda vai demorar alguns meses para acontecer de verdade.
Jolyon Palmer durante sexta-feira de treinos livres em Barcelona (Foto: Beto Issa)
"Estou satisfeito com meu papel aqui. Eu sempre digo que é importante conseguir o máximo de tempo de pista quanto possível. O time está dando muito no momento, o que é muito bom para mim. Isso foi o que eu precisava fazer para aprender e melhorar. Não quero ser um terceiro piloto ano que vem. Quero correr. Mas por agora, ao menos, estou feliz que estou conseguindo a maior quilometragem entre os terceiros pilotos", disse.
 
"Obviamente estou falando com a Lotus, porque quero correr na Lotus. Mas estou falando com eles por estar trabalhando com eles o tempo todo. Ainda está cedo. Eu penso sobre os próximos meses, as pessoas vão começar a falar sobre trabalho para o ano que vem, mas é normal mesmo após o verão. Por agora, estou tentando apenas fazer meu melhor. Há uma longa estrada, mas vou tentar impressionar todos que eu puder", encerrou.
 
Nesta quarta-feira (24), no último dia de testes coletivos pós-GP da Áustria, Palmer deu 110 voltas e ficou com a sexta colocação na tabela de tempos. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube