O’Ward vê janela de dois anos para conseguir vaga na Fórmula 1: “Meu sonho”

Pato O'Ward se empolgou com o primeiro teste na Fórmula 1 e enxerga uma janela de dois anos para conseguir vaga na categoria. Mexicano, que compete na Indy, assume que é um sonho de criança

F1 2021 ACABA: FIA ASSUME CULPA. HAMILTON NÃO VAI À FESTA | WGP

Pato O’Ward testou um carro de Fórmula 1 pela primeira vez em Abu Dhabi, na última terça-feira (14), e não esconde o desejo de uma mudança para a categoria. Piloto da McLaren na Indy, o mexicano acredita que tem uma janela de dois anos para tentar arranjar uma vaga no principal campeonato do mundo.

Aos 22 anos, o mexicano recebeu a oportunidade de participar do teste de jovens pilotos da F1 como uma promessa paga do CEO Zak Brown, que afirmou que daria a chance para O’Ward caso vencesse uma corrida na Indy, o que aconteceu duas vezes em 2021: no Texas e em Detroit.

“Para ser sincero, acho que tenho mais dois anos para conseguir chegar na Fórmula 1. Não tem mais muito tempo. Eu vou fazer tudo o que posso para fazer acontecer, porque é o topo do topo, o meu sonho, e a minha vida. Tudo começou com um sonho, e o meu é chegar na Fórmula 1”, comentou em entrevista à revista inglesa Autosport.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Pato O’Ward se impressionou com a potência de um carro de Fórmula 1 em Abu Dhabi (Foto: McLaren)

O’Ward terminou a temporada 2021 da Indy no terceiro lugar, e está confirmado pela McLaren para disputar o próximo campeonato nos Estados Unidos. Pato afirmou que vai fazer o possível para tentar chegar na Fórmula 1 no futuro.

“O sonho se expandiu para outras categorias, como o endurance e a Indy, mas tudo começou com um sonho. E estaria mentindo se dissesse que não quero, porque eu quero. Vou fazer o máximo que posso e me esforçar o máximo que puder para ter certeza que vou entregar tudo. Tenho que tentar, se não fizer isso, vou me arrepender para o resto da vida”, completou.

Na Fórmula 1, a McLaren segue para 2022 com a dupla formada pelo inglês Lando Norris e o australiano Daniel Ricciardo. O time terminou a temporada com a quarta colocação no Mundial de Construtores, e quebrou o jejum de nove anos sem vitórias ao triunfar no GP da Itália com Daniel Ricciardo.

TÍTULO DE VERSTAPPEN NA F1 É O MAIOR DA HISTÓRIA DA RED BULL? | GP às 10
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar