Pérez anuncia saída da Racing Point no fim do ano e abre porta para Vettel na Aston Martin

O mexicano comunicou nas redes sociais que a saída "machuca um pouco" e que não tem um plano B para seguir na Fórmula 1

O mercado da Fórmula 1 ganhou um importante movimento nesta quarta-feira (9). Sergio Pérez divulgou uma nota comunicando que vai deixar a Racing Point, que vira Aston Martin em 2021, ao fim desta temporada.

O mexicano de 30 anos tem vínculo com a equipe desde 2014, quando ainda atendia pelo nome de Force India. Em 2019, Pérez assinou uma extensão de contrato até 2022, quebrada para abrir espaço a um novo piloto. Tudo indica que seja Sebastian Vettel, que deixa a Ferrari ao fim de 2020.

“Tudo na vida tem um começo e um fim e, após sete anos juntos, meu tempo com a equipe termina no fim da temporada. Machuca um pouco, porque apostei na equipe em momentos difíceis: conseguimos ultrapassar muitos obstáculos e estou bastante orgulhoso por salvar o trabalho de muitos dos meus companheiros de time. Vou manter as memórias dos grandes momentos que vivemos juntos, as amizades e a satisfação de sempre dar meu melhor”, disse o piloto do carro #11.

Pérez está na F1 desde 2011 (Foto: Racing Point)

Apesar da quebra de vínculo, Pérez confirmou que mantém a intenção de permanecer no grid da Fórmula 1 em 2021, apesar de não ter uma carta na manga para assegurar um cockpit.

“Serei sempre grato à oportunidade dada a mim por Vijay Mallya, que acreditou em mim em 2014 e permitiu que eu continuasse minha carreira na F1 com a Force India. À atual administração, liderada por Lawrence Stroll, desejo apenas o melhor no futuro, especialmente no projeto vindouro da Aston Martin. Não tenho um plano B. Minha intenção é continuar a correr aqui [na F1], mas isso depende de encontrar um projeto que me motive e me faça continuar a dar 100% a cada volta”, seguiu.

“Quero agradecer a cada um de vocês que acreditaram em mim nesses dez anos. Aos meus familiares, que sempre me deram sustentação apesar de qualquer coisa. Assim como a todos os patrocinadores que acreditaram em meu projeto, no meu estafe e, especialmente, a Deus, que me abençoou com a oportunidade de viver essa incrível aventura chamada F1. Espero oferecer novas notícias logo, mas por enquanto vamos desfrutar das próximas corridas. Vou carregá-los em meu coração”, encerrou.

Nesta temporada, Pérez ocupa a 11ª colocação na tabela, com 34 pontos, 23 a menos que o companheiro de equipe Lance Stroll. O quinto lugar no GP da Espanha foi o melhor resultado do mexicano, que chegou a perder duas corridas ao ser infectado pela Covid-19.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar