Pérez nega ordens de equipe da Racing Point: “Estamos na briga por 3º nos Construtores”

Sergio Pérez negou ordens de equipe por parte da Racing Point durante o GP da Turquia. Mexicano, que foi ao pódio pela nona vez na carreira, explicou a estratégia que rendeu o segundo lugar no Istambul Park, atrás apenas de Lewis Hamilton

Sergio Pérez e a equipe Racing Point foram protagonistas de boa parte do GP da Turquia, disputado no último domingo (15), em Istambul. O mexicano e o companheiro de equipe Lance Stroll permaneceram nas duas primeiras posições por mais da metade da corrida.

Em entrevista após a corrida, Pérez revelou que a Racing Point não deu ordens de equipe durante a prova. Sergio está fora da equipe, que vira Aston Martin, em 2021 para a entrada de Sebastian Vettel, enquanto Lance é filho do dono Lawrence Stroll.

“Não (sobre ordens de equipe), estamos em uma briga por terceiro entre os Construtores, e isso que realmente importa para nós. Era questão deixar o carro na posição mais alta possível. Lance estava na liderança, e entendemos que o melhor era que ele parasse. Não funcionou, mas no fim, marcamos bons pontos, mais que a concorrência e ainda restam três provas importantes para nós no campeonato”, comentou o piloto mexicano, que subiu ao pódio pela primeira vez desde o GP do Azerbaijão de 2018.

Mexicano brilhou ao faturar o segundo lugar (Foto: Racing Point)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Pérez e Stroll tiveram estratégias diferentes no decorrer da corrida. Enquanto o canadense, que liderava a prova, fez uma nova parada para pneus intermediários, ‘Checo’ economizou e se manteve na pista, garantindo a segunda posição atrás de Lewis Hamilton, enquanto Lance encontrou problemas e foi apenas nono colocado.

“Era uma questão de sobrevivência com aqueles intermediários. Ficamos presos. Esperávamos mais chuva no fim da corrida, e ao mesmo tempo estávamos sofrendo com aqueles pneus. Passamos pela fase do graining, mas consegui controlar depois disso. Quando ele (Stroll) parou, pensei em colocar um novo jogo porque o meu estava gasto, mas a equipe informou que o dele desgastou muito rápido e o ritmo não aparecia, logo, decidi ficar na pista”, completou.

A Racing Point soma 154 pontos e ocupa o terceiro lugar no Mundial de Construtores, com três provas restantes para o fim. Pérez é quarto no campeonato, com 100 pontos, enquanto Stroll é 11º, com 59.

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube