Pirelli põe culpa em zebras por furos de pneus durante GP do Catar

Furos aconteceram com quatro pilotos no circuito de Losail, no Catar, neste domingo (20). Valtteri Bottas, Lando Norris, George Russell e Nicholas Latifi enfrentaram problemas

F1 NO CATAR: HAMILTON VENCE, VERSTAPPEN 2°, ALONSO NO PÓDIO | Briefing

Valtteri Bottas, Lando Norris, George Russell e Nicholas Latifi. Esses quatro pilotos, que representam 20% do grid, enfrentaram problemas de furos nos pneus dianteiros esquerdos no GP do Catar deste domingo (21). A Pirelli, fornecedora oficial da Fórmula 1, já iniciou uma investigação a respeito da questão enfrentada em Losail e tem uma culpada previamente: a zebra.

Chefão da fornecedora na categoria, Mario Isola acredita que o impacto dos carros nas zebras do circuito foi o fator principal para o problema, que apareceu especialmente no fim da prova.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

“Aqui temos muitas áreas de escape com zebras”, afirmou. “Não é segredo, acredito que alguns carros têm danos no assoalho, no chassi, nas asas. Então, para entender o que aconteceu, nós precisamos mandá-los de volta para Milão e investigar”, revelou Isola.

O italiano chefe da Pirelli classificou as falhas como “repentinas, mas não imediatas”, utilizando até Fernando Alonso de exemplo para explicar os detalhes da investigação.

As duas Williams enfrentaram problemas com furos neste domingo (21) (Foto: Williams)

“Os pilotos conseguiram voltar aos boxes e trocar o pneu, então ainda era controlável, mesmo com a perda de pressão, obviamente”, disse.

“Outros carros terminaram a corrida com pneus ainda em boas condições. Fernando (Alonso) estava evitando as zebras e os pneus dele estavam em boas condições. O que precisamos entender é se as zebras foram realmente a causa, se tivemos os furos devido a outros elementos, etc”, concluiu Isola.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

A 21º e penúltima etapa da temporada 2021 da Fórmula 1 está marcada para daqui a duas semanas, entre 3 e 5 de dezembro, e vai marcar a estreia da Arábia Saudita no Mundial.

Max Verstappen também apresentou problemas na asa móvel do carro no Catar (Vídeo: Reprodução)
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar