F1

Pole da corrida 1.000, Bottas vê volta “apenas OK” em classificação mais apertada por melhora de Hamilton

Valtteri Bottas precisou superar Lewis Hamilton na fase final da classificação do GP da China para ficar com a posição de honra do grid da corrida 1.000 da Fórmula 1. O nórdico disse que, embora tenha brigado com o carro, o fim de semana chinês tem sido muito bom

Warm Up / Redação GP, de Curitiba
Desde o início do fim de semana chinês da Fórmula 1, Valtteri Bottas vem andando sistematicamente mais rápido que Lewis Hamilton e a Ferrari. Enquanto o companheiro de Mercedes encontrou certa dificuldade com o acerto e lutou com o carro, o finlandês se mostrou imediatamente confortável na rápida pista de Xangai. É bem verdade que o pentacampeão se aproximou bem ao longo da classificação, mas Bottas venceu o duelo na volta derradeira do Q3, para celebrar a sétima pole-position da carreira e a primeira da temporada 2019.
 
O líder do campeonato conquistou o direito de largar da posição de honra do grid depois de cravar 1min31s547, mas 0s023 mais veloz que Hamilton. Ao falar da performance da Mercedes, o nórdico disse que, embora tenha tido problemas para tirar o máximo do W09 na fase final da definição das colocações de largada, o carro esteve sempre "muito bom".
Valtteri Bottas (Foto: AFP)
"Tem sido um fim de semana muito bom até agora", disse Valtteri a Martin Brundle ainda na pista, após a volta que garantiu a pole para a corrida 1000 da Fórmula 1.
 
"Eu me senti confortável com o carro desde a manhã. Mas tive dificuldades no Q3 ao tentar tirar o máximo de performance. A volta foi Ok. Não do jeito que eu queria, mas suficiente para a pole. O carro está realmente muito bom e Lewis melhorou muito ao longo da sessão. Foi muito perto", completou o #77, que terá o colega de time a seu lado no grid.
 
A Mercedes não tentou nada diferente em termos de estratégia e vai largar de compostos médios neste domingo - a gama intermediária da Pirelli. A tática é a mesma da rival Ferrari, que tem Sebastian Vettel e Charles Leclerc na segunda fila.

A largada do GP 1000 da história da F1 acontece às 3h10 (horário de Brasília) deste domingo. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.