Por aceleração da pandemia, FIA reitera esforços de segurança antes de GPs finais da F1

Com mais quatro corridas até o fim da temporada da Fórmula 1, a FIA precisou reforçar que vai garantir a segurança de equipes e pilotos por conta da segunda onda de Covid-19. Toto Wolff, porém, disse que isso não é um grande problem

A segunda onda de Covid-19 atinge diversos países na Europa e ameaça também outros continentes. Por isso, a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) está reunindo esforços para realizar as quatro últimas corridas da temporada 2020 – na Turquia, duas vezes no Bahrein e em Abu Dhabi.

Após o atraso no início do campeonato, por conta da pandemia, a Fórmula 1 voltou com rodadas duplas, cronograma apertado, circuitos que não estava nos planos iniciais da categoria e, principalmente, rigor nos testes. Agora, após 13 etapas já disputadas, o medo do coronavírus volta a cercar o paddock.

Michael Masi, diretor de provas da F1, afirmou que a FIA trabalha com governos e promotores para realizar as corridas finais. No GP da Emília-Romanha, no último fim de semana, a organização precisou fechar os portões para espectadores.

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

O GP da Emília-Romanha não teve público no autódromo (Foto: McLaren)

“FIA e Fórmula 1 continuam a fazer o mesmo desde que começamos a analisar tudo isso e desenrolar o retorno, com os protocolos e diretrizes no esporte a motor”, disse ao site GPFans.

“Vamos trabalhar com cada governo, promotores e partes interessados para garantir a segurança de todos os envolvidos”, acrescentou.

Toto Wolff, chefe da Mercedes, comentou que não vê razão para adiar ou cancelar as corridas restantes e ressaltou a importância da bolha criada no circo da F1 nos últimos meses.

“Estivemos viajando de um país para outros e ficamos em nossas bolhas. Não acho que estamos colocando algum país em risco porque somo o grupo mais seguro de pessoas que existe”, declarou.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube