F1

Por falta de opções, Toro Rosso considera voltar a contar com Kvyat como titular para 2019

Daniil Kvyat, hoje reserva da Ferrari, voltou a entrar na mira da Toro Rosso. O russo é visto como solução para a falta de alternativas da equipe de Faenza, ainda sem qualquer piloto garantido em 2019. A informação é do site ‘Motorsport.com’
Warm Up / Redação GP, de Porto Alegre
 Daniil Kvyat (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
A Toro Rosso pensa em concretizar um retorno improvável para fechar a dupla de pilotos da temporada 2019. O site americano ‘Motorsport.com’ afirma que Daniil Kvyat, dispensado durante a temporada 2017 após uma sequência de resultados ruins, entrou na briga por vaga na equipe italiana.
 
De acordo com o site, a possibilidade é fruto das poucas opções da Toro Rosso para 2019. A equipe vai ceder Pierre Gasly para a equipe principal e ainda não tomou uma decisão a respeito do futuro de Brendon Hartley. A situação delicada levou a organização a considerar a promoção do britânico Dan Ticktum direto da F3 Europeia para a F1, o que dificilmente vai acontecer pela falta de superlicença.
 
Para trazer Kvyat, a Red Bull precisa conversar com a Ferrari – o russo virou piloto reserva em Maranello. Isso motivou uma reunião de Christian Horner e Helmut Marko, respectivamente chefe e consultor da Red Bull, com Maurizio Arrivabene, chefe da Ferrari.
Daniil Kvyat volta a ser uma opção para a Toro Rosso (Foto: Beto Issa)
A Toro Rosso, que precisa acatar qualquer decisão vinda da equipe principal, espera de braços cruzados. “São tantos nomes diferentes sendo discutidos, mas até agora nenhuma decisão final foi tomada. Vamos esperar e ver o que a Red Bull vai anunciar”, disse o chefe Franz Tost.
 
O ‘Motorsport.com’ também informa que outro piloto da Ferrari virou pauta na Red Bull. Antonio Giovinazzi, hoje reserva e sem titularidade assegurada em 2019, é outra possibilidade para a Toro Rosso.
 
Caso assine, Kvyat parte para a terceira oportunidade com a Toro Rosso. O russo esteve lá em 2014, antes de subir para a Red Bull em 2015. Tudo deu errado em 2016: após um começo de ano turbulento, Daniil foi trocado por Max Verstappen, voltando para a equipe B, onde ficou até meados de 2017. Já no fim do ano, o piloto foi substituído em definitivo por Brendon Hartley.