F1

Por troca de peça do motor, Hülkenberg perde cinco posições no grid na Áustria

Depois de Carlos Sainz Jr. e Alexander Albon, Nico Hülkenberg também vai perder posições – cinco – no GP da Áustria. O alemão está com uma versão nova do ICE para a sequência do fim de semana no Red Bull Ring

Grande Prêmio / Redação GP, de Berlim
Nico Hülkenberg é mais um dos pilotos que vai perder posições no grid de largada da Fórmula 1. A Renault comunicou ainda nas primeiras horas deste sábado (29) a decisão de trocar o ICE (Motor de Combustão Interna) do carro #27, resultando em uma perda de cinco posições no grid do GP da Áustria.
 
A troca, de acordo com a Renault, não é necessariamente por questões de confiabilidade. A equipe francesa coloca uma versão nova do componente no carro, em busca de melhor desempenho.
Nico Hülkenberg carrega uma punição na Áustria (Foto: Renault)
O problema é que a Renault já havia usado quatro ICEs, com o novo sendo o quinto. A equipe, assim, volta a quebrar o limite de três unidades por componente.
 
Hülkenberg é o terceiro piloto com perda de posições no GP da Áustria. Além do alemão, Carlos Sainz Jr. e Alexander Albon também carregam punições. No caso dos dois, todavia, a situação é mais séria: a troca de peças é generalizada, o que implica em largar do fim do grid.
 
O GP da Áustria acontece neste fim de semana. A corrida é a nona da temporada 2019 da Fórmula 1.
 
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.